Repositório Digital

A- A A+

Poéticas do silêncio : reflexões sobre romances brasileiros do século XXI

.

Poéticas do silêncio : reflexões sobre romances brasileiros do século XXI

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Poéticas do silêncio : reflexões sobre romances brasileiros do século XXI
Autor Teixeira, Glauciane Reis
Orientador Gomes, Gínia Maria de Oliveira
Data 2016
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Graduação em Letras.
Assunto Deslocamento
Literatura brasileira
Medo
Poder
Silêncio
[en] Contemporary brazilian literature
[en] Displacement
[en] Fear
[en] Power
[en] Silence
[es] Desplazamiento
[es] Liiteratura brasileña contemporánea
[es] Miedo
Resumo A presente tese tem como objetivo investigar as distintas manifestações do silêncio na Literatura Brasileira Contemporânea, partindo da hipótese de que o aprisionamento das palavras não surge do nada; e, sim é suscitado por forças externas e pelos relacionamentos interpessoais representados. Esta pesquisa almeja compreender como as personagens sentem e fazem uso dessa potência e percorrer as causas que as pressionam a bloquear sua expressão verbal como estratégia comportamental, de forma que diferentes motivações geram diversos tipos de emudecimentos. Por se considerar que existem vários silêncios e não apenas um, busca-se estabelecer conexões com o deslocamento, a inadaptação, o poder, a dominação, o medo. Para tanto, recorre-se aos teóricos dos mais variados campos de estudo, como da análise do discurso, da sociologia, da filosofia, da psicologia, da história e da psicanálise; áreas que permitem entender os processos de construção do sentido do silêncio, interpretar as razões possíveis que o desencadeiam e as consequências que ele gera dentro de cada universo diegético. Nesse sentido, realizam-se breves reflexões acerca de dez narrativas publicadas no início do século XXI, em que é possível vislumbrar faces peculiares desse elemento. A fim de explorar, com maior acuidade, três abordagens literárias do silêncio, analisam-se os romances A gaiola de Faraday (2002), de Bernardo Ajzenberg; Sob o peso das sombras (2004), de Francisco J.C. Dantas, e Ribamar (2010), de José Castello.
Resumen Esta tesis objetiva investigar las diferentes manifestaciones del silencio en la Literatura Contemporánea de Brasil, desde la hipótesis de que el encarcelamiento de las palabras no se origina de la nada, sino que se eleva por fuerzas externas y por las relaciones interpersonales representadas. Objetiva, también, comprender cómo se sienten los personajes y cómo utilizan ese poder, además de entender cómo pasan por las causas y presiones para bloquear su expresión verbal como una estrategia de comportamiento, por lo que las diferentes motivaciones generan varios tipos de emudecimentos. Debido a que se considera que hay muchos silencios y no sólo uno, el trabajo busca establecer conexiones con el desplazamiento, falta de idoneidad, el poder, la dominación, el miedo constituyentes de las novelas. Por lo tanto, se recurre al estudio teórico de diversos campos tales como Análisis del Discurso (AD), Sociología, Filosofía, Psicología, Historia y Psicoanálisis; áreas que nos permiten comprender el sentido de los procesos de construcción del silencio, interpretando las posibles razones que lo desencadenan y las consecuencias que genera dentro de cada universo diegético. En este sentido, se mantienen breves reflexiones sobre diez relatos publicados a principios del siglo XXI, en las cuales es posible vislumbrar peculiaridades de este elemento. Con el fin de explorar tres enfoques literarios del silencio, se analizan las novelas A gaiola de Faraday (2002), de Bernardo Ajzenberg; Sob o peso das sombras (2004), de Francisco J.C. Dantas, y Ribamar (2010), de José Castello.
Abstract The present thesis has the purpose to investigate the distinct manifestations of silence in Contemporary Brazilian Literature, from the hypothesis that the imprisonment of the words do not come out of nowhere; but is raised by external forces and the interpersonal relationships represented. This research aims to understand how the characters feel and make use of this power and go through the causes that pressure them to block their verbal expression as a behavioral strategy, so that different motivations generate several types of muting. For considering that there are several types of silence and not just one, seeks to establish connections with displacement, unsuitability, power, domination, fear. Therefore, it resorts to the theoretical study of various fields, such as discourse analysis, sociology, philosophy, psychology, history and psychoanalysis; areas that allow us to understand the sense of silence building processes, interpreting the possible reasons that trigger off it and the consequences that it generates into each diegetic universe. In this sense, briefly reflections are held about ten stories published early the twenty-first century, it is possible to glimpse peculiar faces of this element. In order to explore, more accurately, three literary approaches of silence, analyzes the novels A gaiola de Faraday (2002), by Bernardo Ajzenberg; Sob o peso das sombras (2004), by Francisco J.C. Dantas, and Ribamar (2010), by José Castello.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/140258
Arquivos Descrição Formato
000990753.pdf (1.779Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.