Repositório Digital

A- A A+

Uma avaliação das finanças públicas no Brasil no período 2009-2013 por meio da taxonomia minskyana de posturas financeiras

.

Uma avaliação das finanças públicas no Brasil no período 2009-2013 por meio da taxonomia minskyana de posturas financeiras

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Uma avaliação das finanças públicas no Brasil no período 2009-2013 por meio da taxonomia minskyana de posturas financeiras
Autor Beppler, Lucas Souza
Orientador Herrlein Junior, Ronaldo
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Ciências Econômicas.
Assunto Economia
[en] Financial crisis
[en] Fragility
[en] Hedge
[en] Minsky
[en] Ponzi taxonomy
[en] Public sector
[en] Speculative
Resumo O objetivo principal do trabalho é classificar o setor público brasileiro, no período 2009-2013, ano a ano, em uma das três categorias de posição financeira desenvolvidas por Minsky: Hedge, Especulativa e Ponzi. Assim, poderá ser feita uma avaliação clara e concisa da situação do setor público agregado brasileiro no período pós-crise, avali-ando seu poder estabilizador. O trabalho também objetiva realizar uma extensa revi-são da literatura Minskyana, não retendo-se, assim, às análises das três categorias, exaustivamente exploradas por outros autores. A teoria Minskyana atem-se muito à noção de estabilidade desestabilizadora. Buscar-se-á analisar mais a fundo os por-quês desta tendência endógena do sistema de direcionamento rumo às crises, seja através da leitura dos diversos textos produzidos pelo autor ao longo de sua vida, em especial os capítulos 8 e 9 do livro Estabilizando uma Economia Instável, seja pela leitura de autores complementares. Além disso, tópicos complexos, como as relações entre os preços de oferta e de demanda, também serão averiguados. O que o trabalho revela é que a posição financeira do setor público ao longo do período 2009-2013 esteve na categoria Especulativa, o que pode ser preocupante.
Abstract The main objective of this paper is to classify the brasilian public sector, between 2009 and 2013, year by year, in one of the three financial position categories developed by Minsky: Hedge, Especulative and Ponzi. Thus, it will be possible to make a clear and concise evaluation of the situation of the brasilian public sector in the post crisis period, evaluating its stabilizing power. The paper also tries to accomplish an extensive review of the Minsky`s literature, not being limited to the analysis of the three categories, exhaustively explored by other authors. Minsky`s theory sticks to the idea of destabili-zing stability. This paper will make a deeper analysis about the reasons of the endo-genous tendency towards crises, either by the reading of several papers made by Minsky throughout his life, especially chapter 8 and 9 of his book Estabilizing and Uns-table Economy, or by the reading of additional authors. Furthermore, complex topics, such as the relations between demand and supply prices, will also be investigated. What the study reveals is that the public sector`s financial position was in a Speculative pos tion from 2009 to 2013, wich may cause some concern.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/140340
Arquivos Descrição Formato
000986917.pdf (735.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.