Repositório Digital

A- A A+

Impacto da reabilitação cardiopulmonar intra-hospitalar pré e pós-operatória em ex-tabagistas submetidos à cirurgia de revascularização miocárdica - um ensaio clínico randomizado

.

Impacto da reabilitação cardiopulmonar intra-hospitalar pré e pós-operatória em ex-tabagistas submetidos à cirurgia de revascularização miocárdica - um ensaio clínico randomizado

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Impacto da reabilitação cardiopulmonar intra-hospitalar pré e pós-operatória em ex-tabagistas submetidos à cirurgia de revascularização miocárdica - um ensaio clínico randomizado
Outro título Impact of cardiopulmonar rehabilitation inhospital pre and postoperative in ex-smokers submited to coronary bypass graft surgery – a clinical randomized trial
Autor Almeida, Patrícia La-Bella Marchi
Orientador Ribeiro, Jorge Pinto
Data 2007
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde: Cardiologia e Ciências Cardiovasculares.
Assunto Reabilitação
Revascularização miocárdica
Tabagismo
[en] Cardiopulmonar rehabilitation
[en] Coronary bypass graft surgery
[en] Ex-smokers
Resumo Introdução. Em pacientes submetidos à revascularização miocárdica, o consumo passado ou presente de tabaco associa-se com aumento de morbi-mortalidade no pós-operatório. Embora a intervenção fisioterapêutica pré e pós-operatória possa melhorar alguns aspectos da função pulmonar no pós-operatório, a eficácia de exercícios profiláticos na redução dessas complicações em ex-tabagistas ainda não está bem estabelecida. Objetivo. Verificar se um programa específico de reabilitação cardiopulmonar intrahospitalar no pré e pós-operatório é capaz de minimizar efeitos deletérios da cirurgia de revascularização miocárdica em ex-tabagistas. Material e Métodos. Setenta e um pacientes ex-tabagistas foram randomizados. Trinta e oito pacientes receberam a reabilitação fisioterapêutica por, no mínimo, cinco dias antes e após a operação. Os demais fizeram parte do grupo controle e receberam apenas cuidados hospitalares de rotina. Testes de função pulmonar, caminhada de seis minutos, radiograma simples de tórax e aplicação de escala visual analógica para intensidade da dor retroesternal foram realizados no pré e pós-operatório. As complicações pulmonares e o tempo de permanência hospitalar foram registrados. Resultados. Dados demográficos, cirúrgicos e hábitos tabágicos foram similares nos dois grupos. O grupo controle apresentou maior queda do volume de ar corrente (pré = 769±182 ml; pós = 554±145 ml; p<0,001) e do pico de fluxo expiratório (pré = 365±148 l/min; pós = 255±106 l/min; p<0,001) no pós-operatório, sendo que o grupo reabilitação não modificou essas variáveis da função pulmonar. Houve maior redução no desempenho do teste de caminhada de seis minutos do grupo controle (pré = 374±89 m; pós = 288±91 m; p<0,001) quando comparado ao grupo reabilitação (pré = 355±64 m; pós=342±64 m; p=0,106). O tempo no tubo oro-traqueal (16±6 h vs 27±6 h; p=0,001), na unidade de tratamento intensivo (44±6 h vs 49±14 h; p<0,006), e o tempo na enfermaria no pósoperatório (6±1 dias vs 8±3 dias; p<0,001) foram menores no grupo reabilitação. A intensidade da dor retroesternal também monstrou uma diminuição no grupo reabilitação no dia da alta hospitalar. Conclusão. Em pacientes ex-tabagistas, um programa de reabilitação cardiopulmonar, pré e pós-operatório, é capaz de minimizar alguns efeitos deletérios da cirurgia de revascularização miocárdica, levando a uma melhor recuperação funcional, redução da dor torácica pós-operatória e redução nos tempos de internação.
Abstract Introduction. In patients submitted to coronary artery bypass graft surgery, the past or present consumption of tobacco is associated with higher risk and with elevated costs. Although physical therapy intervention pre- and post-surgery may improve some aspects of postoperative lung function, the efficacy of this intervention in ex-smokers is not well established. Aim. Verify if a pre- and postoperative cardiopulmonary rehabilitation program in-hospital is capable of minimizing the deleterious effects of the coronary artery bypass graft surgery in ex-smokers. Materials and Methods. Seventy-one ex-smokers were randomized to pre- and post operative cardiopulmonary rehabilitation (Rehab, n = 38) for at least five days before and after the surgery, or to a control group (Control, n = 33), which received routine hospital cares. Pulmonary function testing, six-minute walk test, chest x ray, and chest pain evaluation (visual analogical scale) were obtained before and after surgery. Pulmonary complications and time to hospital discharge were registered. Results. Demographic, surgical data, and tobacco use were similar in both groups. The Control group presented a reduction in tidal volume (mean ± SD; pre = 769±182 mL; post = 554±145 mL; p<0,001) and in peak flow (pre = 365±148 L/min; post = 255±106 L/min; p<0,001) after surgery, while the Rehab group did not change these pulmonary function variables. There was a larger reduction in the six-minute walk test performance in the control group (pre = 374±89 m; post = 288±91 m; p<0,001) when compared to the rehabilitation group (pre = 355±64 m; post =342±64 m; p=0,106). Post-operative time to orothracheal extubation (16±6 h vs 27±6 h; p=0,001), time in the intensive treatment unit (44±6 h vs 49±14 h; p<0,006), as well as time in the ward (6±1 days vs 9±3 days; p<0,001) were reduced in the Rehab group. The intensity of retroesternal pain also showed a reduction at hospital discharge. Conclusions. In ex-smokers, a pre and post-operative cardiopulmonary rehabilitation program is capable to minimize the deleterious effects of the coronary artery bypass graft surgery, resulting in improved functional recovery, reduction in chest pain and reduction of hospital stay.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/14035
Arquivos Descrição Formato
000652905.pdf (1.058Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.