Repositório Digital

A- A A+

O estado de bem-estar social no Brasil e na Espanha : um estudo comparativo

.

O estado de bem-estar social no Brasil e na Espanha : um estudo comparativo

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O estado de bem-estar social no Brasil e na Espanha : um estudo comparativo
Autor Steffens, Camila
Orientador Milan, Marcelo
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Ciências Econômicas.
Assunto Economia
[en] Asistencia social
[en] Estado del bienestar
[en] Pensiones
[en] Salud pública
[en] Seguridad social
Resumo Quando se menciona o Estado de Bem-Estar Social, geralmente remete-se à experiência social democrata dos países escandinavos. Entretanto, a análise das políticas sociais brasileiras e espanholas permite a constatação de que houve, também nesses países, a configuração de um Estado de Bem-Estar Social, cuja evolução seguiu tendências similares. Assim, a presente monografia objetiva, de forma histórico-descritiva comparativa, verificar no que as experiências do Brasil e da Espanha se assemelham e no que se diferenciam na evolução do Estado de Bem-Estar Social, nas suas configurações gerais e nas características das três áreas selecionadas: Saúde Pública, Previdência Social e Assistência Social. Como resultado, observa-se que o desenvolvimento histórico das políticas e suas características atuais mais se assemelham do que se diferenciam entre os dois países. Ambos reestruturaram, após a transição democrática, um Estado de Bem-Estar Social que se direciona ao universalismo, mas com a manutenção de características conservadoras e residuais.
Resumen Cuando se menciona el Estado del Bienestar, por lo general se refiere a la experiencia socialdemócrata de los países escandinavos. Sin embargo, el análisis de las políticas sociales brasileñas y españolas permite la realización de que estos países también desarrollaron un Estado del Bienestar, cuya evolución ha seguido tendencias similares. Por lo tanto, este estudio tiene el objetivo de buscar, de manera histórico descriptiva y comparativa, en qué las experiencias de Brasil y España son similares y en qué se diferencian en la evolución del Estado de Bienestar, en su configuración general y en las características de los tres áreas seleccionadas: Salud Pública, Pensiones y Asistencia Social. El resultado demuestra que el desarrollo histórico de las políticas y sus características actuales se asemejan más que se diferencian en los dos países. Los dos reestructuraron, después de la transición democrática, un Estado del Bienestar que se dirige al universalismo, pero con el mantenimiento de características conservadoras y residuales.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/140403
Arquivos Descrição Formato
000986362.pdf (1.085Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.