Repositório Digital

A- A A+

Fortes, aguerridas e femininas: olhar etnográfico sobre as mulheres praticantes de rugby em um clube de Porto Alegre

.

Fortes, aguerridas e femininas: olhar etnográfico sobre as mulheres praticantes de rugby em um clube de Porto Alegre

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Fortes, aguerridas e femininas: olhar etnográfico sobre as mulheres praticantes de rugby em um clube de Porto Alegre
Autor Almeida, Thaís Rodrigues de
Orientador Goellner, Silvana Vilodre
Data 2008
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano.
Assunto Corpo humano : Aspectos sociais
Esportes
Etnografia
Gênero
Mulheres
Rugby
Sexualidade
[en] Body
[en] Gender
[en] Sexuality
[en] Women´s sports
Resumo Esta pesquisa teve como foco de investigação, o grupo de mulheres que formam a única equipe de rugby feminino do Rio Grande do Sul, vinculadas ao Charrua Rugby Clube da cidade de Porto Alegre. Ao eleger a prática deste esporte como objeto de estudo, considerei o mesmo um universo cultural permeado de símbolos e representações, historicamente construído tendo os homens e as masculinidades como referência normativa, a qual permanece nos dias atuais. Embasada por uma perspectiva feminista e pós-estruturalista dos estudos de gênero, lancei o olhar para as praticantes de rugby com o objetivo de: compreender as formas particulares como as mulheres vivenciam esse esporte dentro e fora do campo de jogo, tendo em vista as representações de corpo, gênero e sexualidade que as atravessam no contexto investigado. Para tanto, foi realizado um trabalho etnográfico, construído pela observação participante, e a realização de entrevistas semi-estruturadas com mulheres intencionalmente escolhidas no grupo. As categorias de análise formuladas através da articulação com os dados empíricos e referenciais teóricos incidiram em três eixos temáticos: a construção de uma jogadora de rugby; as discussões referentes ao corpo, gênero e sexualidade; e a negociação de espaços no clube e permanência no esporte. Tais categorias possibilitaram a compreensão da multiplicidade de experiências e sentidos vivenciados pelas mulheres praticantes de rugby. Essas que, por vezes resistem, transgridem a determinados discursos que as interpelam desde o lugar onde se situam e, ao mesmo tempo, podem ser disciplinadas, docilizadas e assim, aceitar algumas das normatizações impostas ao se dedicarem à este esporte.
Abstract This research investigates a group of women that form the only female rugby team in the state of Rio Grande do sul, the Charrua Rugby Club, located in the capital city of Porto Alegre. Choosing the practice of rugby as the focus of this study, such practice is here defined as a cultural field (universe) composed by symbols and representations historically built, and which has men and masculinity as the normative reference in current time. Based upon a feminist and post-structural perspective of gender studies, the objective of the present study was to understand the peculiar ways in which these women experience this sport in and out of the matches, specially thinking about how bodily representations, gender and sexuality affect them in this context. Bearing in mind such goal, the field work made was ethnography, and consisted in participant approach and interviews with some chosen women in the group. The analytical categories were built through the articulation of the empirical data obtained and the theoretical approach chosen. Therefore, three categories were obtained: the making of a female rugby player; a discussion concerning the topics of body, gender and sexuality in the context of post-structuralism; the negotiation of space for the practice of rugby by women and the permanence of such practice in the club. Such categories allowed the understanding of the multiple experiences and meanings that are part of the life of these female players. As such, these are stories that entwine resistance and transgression , as well as subjection to the normative discourses to which these women are subject, considering the social place they occupy in society.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/14068
Arquivos Descrição Formato
000659528.pdf (1.882Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.