Repositório Digital

A- A A+

Tarefas no ensino de espanhol-LE para crianças : um estudo de análise e proposição sob a abordagem comunicativa

.

Tarefas no ensino de espanhol-LE para crianças : um estudo de análise e proposição sob a abordagem comunicativa

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Tarefas no ensino de espanhol-LE para crianças : um estudo de análise e proposição sob a abordagem comunicativa
Autor Medeiros, Ema Luele Paixão de
Orientador Rottava, Lucia
Data 2015
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Curso de Letras: Português e Espanhol: Licenciatura.
Assunto Crianças : Aprendizagem
Educação infantil
Ensino de língua estrangeira (espanhol)
Ensino e aprendizagem
[es] Español como lengua extranjera
[es] Interacción
[es] Tarea
Resumo O presente trabalho de conclusão de curso tem por objetivo refletir sobre a experiência inicial da autora como professora de Espanhol como Língua Estrangeira (doravante, Espanhol-LE) para crianças e, a partir desta reflexão, propor tarefas que visem à interação de alunos entre oito e onze anos. Como parte da reflexão, um conjunto de tarefas propostas inicialmente para complementar as aulas de Espanhol-LE foi analisado, a fim de entender seus pontos positivos e negativos. A partir dessa análise, foram elaboradas novas tarefas, configuradas com base na abordagem comunicativa de ensino, que buscam contemplar a linguagem concebida como interação e o aprendiz como sujeito autônomo e participante do processo de ensino e aprendizagem. Este estudo pretende ser um recurso para professores de Espanhol-LE para crianças, pois destaca a importância de se pensar em tarefas que proporcionem aos alunos situações reais em que precisem se comunicar na LE, como uma forma de emancipá-los e, ainda, de ajudá-los a atingir a competência comunicativa na LE.
Resumen La presente tesina tiene por objetivo reflexionar sobre la experiencia inicial de la autora como profesora de español como Lengua extranjera (Español-LE) para niños y, a partir de esta reflexión, proponer tareas que objetiven la interacción de alumnos entre ocho y once años. Como parte de la reflexión, se ha analizado un conjunto de tareas propuestas inicialmente para complementar las clases de español-LE, con el fin de entender sus puntos positivos y negativos. A partir de ese análisis, se han elaborado nuevas tareas configuradas con base en el abordaje comunicativo de enseñanza, que buscan contemplar lenguaje como interacción y estudiante como sujeto autónomo y participante del proceso de enseñanza y aprendizaje. Este estudio pretende ser un recurso para profesores de español-LE para niños, pues destaca la importancia de pensarse en tareas que proporcionen a los alumnos situaciones reales en que necesiten comunicarse en la LE, como una forma de emanciparlos, además de ayudarlos a alcanzar la competencia comunicativa en la LE.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/141792
Arquivos Descrição Formato
000992040.pdf (797.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.