Repositório Digital

A- A A+

Trajetórias tecnológicas e estratégias empresariais na indústria brasileira de autopeças

.

Trajetórias tecnológicas e estratégias empresariais na indústria brasileira de autopeças

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Trajetórias tecnológicas e estratégias empresariais na indústria brasileira de autopeças
Autor Santaella, Cesar Roberto Kiral
Orientador Costa, Achyles Barcelos da
Data 2000
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Programa de Pós-Graduação em Economia.
Assunto Brasil
Estrategia empresarial
Indústria de autopeças
Inovação tecnológica
Resumo O objetivo desta dissertação é investigar a relação existente entre as trajetórias tecnológicas e as estratégias das empresas do setor de autopeças brasileiro no período de 1998 a 1999. De modo a situar o ambiente competitivo em que essas empresas atuam, este trabalho inicia com a apresentação dos cenários e tendências para a indústria automobilística e para o setor de autopeças no Brasil e no mundo. A análise da influência da tecnologia na formulação da estratégia das empresas é iniciada com a apresentação da teoria microeconômica convencional da firma e segue para enfoques menos convencionais, a partir das contribuições de diversos autores que podem ser qualificados como neo-schumpeterianos. A razão disso é que a teoria microeconômica convencional da firma não apresenta ferramentas adequadas para o estudo aqui proposto. O método de análise empregado é amplamente utilizado nos estudos de estratégia e consiste da aplicação de um questionário junto a uma amostragem de empresas. Os resultados obtidos com esse procedimento revelam certas características comuns entre as estratégias das diferentes empresas de autopeças do Brasil e as suas trajetórias tecnológicas específicas, relacionadas com o ciclo de vida de seus produtos. As empresas fabricantes de produtos inovadores, ou seja, produtos nas fases de introdução ou de crescimento, por ex,emplo, tem em comum a ênfase para o desenvolvimento de novos produtos, para a capacidade de fabricar produtos diferenciados e para a manutenção de recursos humanos altamente qualificados. Do mesmo modo, as empresas fabricantes de produtos maduros, ou seja, produtos nas fases de maturidade ou de declínio, tem em comum a ênfase na adoção de procedimentos severos de controle de qualidade, no aperfeiçoamento dos produtos existentes e na manutenção de preços baixos.
Abstract The aim of this work is to investigate the relationship between technological trajectories and business strategies on the Brazilian autoparts sector during the period of 1998 and 1999. In order to show the competitive environment of those companies, this work starts presenting the scenario and the tendencies for the automotive industry and for the autoparts sector in Brazil and in the world. The analysis of the technological influence on the formulation of company business strategy begins with the presentation of the conventional microeconomic theory of the firm and proceeds to less conventional approaches, from several authors' contributions that are usually qualified as neo-schumpeterians. The reason for that is that the conventional microeconomic theory of the firm lacks the adequate tools for the study here proposed. The analytical method applied here is wide used in the strategy research and consists of the application of a questionnaire in a sample of companies. The results obtained with this procedure reveal common characteristics among the strategies of the different Brazilian autoparts companies and their specific technological paths, related to their product life cycle. Companies that produce innovative products, in other words, products in the introduction or growth phase, for example, have in common the emphasis in the development of new products, the capacity to produce special products and the maintenance of highly qualified human resources. In the same way, producers of mature products, in other words, products in the maturity or decline phases, have in common the emphasis to the adoption of procedures for strict product quality control, to the refining of existing products and to the low price policiy.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/142605
Arquivos Descrição Formato
000284566.pdf (5.283Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.