Repositório Digital

A- A A+

Isolamento e caracterização de células-tronco mesenquimais provenientes do rim, pâncreas, pulmão, baço, aorta e gordura de camundongos

.

Isolamento e caracterização de células-tronco mesenquimais provenientes do rim, pâncreas, pulmão, baço, aorta e gordura de camundongos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Isolamento e caracterização de células-tronco mesenquimais provenientes do rim, pâncreas, pulmão, baço, aorta e gordura de camundongos
Autor Oliveira, Régis Linhares
Orientador Pranke, Patricia Helena Lucas
Co-orientador Chagastelles, Pedro Cesar
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Curso de Medicina Veterinária.
Assunto Camundongos
Células-tronco mesenquimais
Regeneração tecidual guiada
Resposta imune
[en] Immune response
[en] Mesenchymal stem cells
[en] Mice
[en] Tissue regeneration
Resumo As células-tronco mesenquimais (CTMs) têm sido o alvo de diversos estudos científicos devido a sua facilidade de obtenção e alto potencial terapêutico, entretanto suas características biológicas ainda não são completamente conhecidas. Recentemente, foi descoberto um papel importante dessas células na regulação e modulação da resposta imune, com capacidade de interação com diversas outras células do sistema imune. O mecanismo pelo qual as CTMs desempenham esse papel está relacionado com um conjunto de fatores que elas secretam, também conhecido como efeito parácrino. O objetivo do presente trabalho foi isolar células-tronco mesenquimais do rim, pâncreas, pulmão, baço, aorta e gordura de camundongos e caracterizá-las quanto aos marcadores de superfície e potencial de diferenciação adipogênico e osteogênico. As células isoladas apresentaram morfologia típica de CTMs logo após o isolamento, a qual foi mantida durante as passagens subsequentes. Os marcadores analisados por citometria de fluxo mostraram que as culturas não expressaram marcadores típicos de macrófagos (CD11b), células endoteliais (CD31) e células do sistema imune (CD45), mas expressaram os marcadores mesenquimais CD44, CD90.2 e Sca-1 de maneira variada. Além disso, os resultados preliminares mostraram que as CTMs expressaram receptores de superfície relacionados com o reconhecimento de patógenos (Tlr3 e Tlr4) em duas culturas analisadas. Adicionalmente, realizou-se a padronização das reações de PCR quantitativo para os genes BACT, GAPDH, INOS, MMP-2, IL-6 e CD274, os quais serão utilizados em experimentos subseqüentes. Assim, foi possível isolar células-tronco mesenquimais de diferentes tecidos e órgãos de camundongos, bem como realizar as análises dos marcadores de superfície e a padronização do PCR quantitativo, os quais irão ajudar a entender os mecanismos de ação dessas células na modulação da resposta imune.
Abstract Mesenchymal stem cells (MSCs) have been the focus of several scientific studies due to their relatively easy availability and high therapeutic potential; however the biological characteristics presented by them are not fully understood. An important role of these cells in the regulation and modulation of the immune response was recently discovered. MSCs are able to interact with different cells of the immune system. The mechanisms by which MSCs play this role are related to a panel of factors secreted by them in a mechanism that is also known as the paracrine effect. The aim of this study was to isolate MSCs from the kidney, pancreas, lung, spleen, aorta and adipose tissue of mice and also to evaluate the expression of their surface markers to help understand the mechanisms used by these cells in tissue regeneration and modulation of the immune response. Isolated cells presented a typical MSC-like morphology after the cell isolation, which remained during the subsequent passages. The cell surface markers analyzed by flow cytometry showed that the cells did not express markers for macrophages (CD11b), endothelial cells (CD31) and leukocytes (CD45), but expressed at some degree mesenchymal markers CD44, CD90.2 and Sca-1. Furthermore, preliminary results showed expression of receptors involved in the recognition of pathogens (Tlr3 e Tlr4) in the two cultures analyzed. Additionally the standardization of quantitative PCR reaction for BACT, GAPDH, INOS, MMP-2, IL-6 and CD274 genes was performed. It was possible to isolate mesenchymal stem cells from different tissues and organs from mice. The measurement of the expression for these genes will be analyzed in further experiments. Additional analysis of these cells as well as the qPCR standardized in this study might help to understand the mechanism of action by which MSCs modulate the immune response.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/142923
Arquivos Descrição Formato
000873005.pdf (2.231Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.