Repositório Digital

A- A A+

Operationalized Psychodynamic Diagnosis 2 : apresentação da versão brasileira e estudos preliminares de validade e confiabilidade

.

Operationalized Psychodynamic Diagnosis 2 : apresentação da versão brasileira e estudos preliminares de validade e confiabilidade

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Operationalized Psychodynamic Diagnosis 2 : apresentação da versão brasileira e estudos preliminares de validade e confiabilidade
Autor Krieger, Daniela Valle
Orientador Eizirik, Claudio Laks
Data 2013
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas: Psiquiatria.
Assunto Diagnóstico
Psicoterapia psicodinâmica
Validade dos testes
[en] Concurrent validity
[en] Content validity
[en] Inter-rater reliability
[en] Operationalized psychodynamic diagnosis – 2
[en] Psychodynamic psychotherapy
Resumo Introdução: O diagnóstico baseado unicamente na avaliação quantitativa dos sintomas e seu curso muitas vezes não é suficiente para o trabalho em psicoterapia psicodinâmica. Apesar disso, a literatura sobre diagnóstico psicodinâmico ainda é escassa, assim como os estudos empíricos na área. O Operationalized Psychodynamic Diagnosis-2 (OPD-2) tem o objetivo de ampliar o diagnóstico tradicional através da operacionalização de informações psicodinâmicas fundamentais para a compreensão dos fenômenos subjacentes à sintomatologia clínica. A construção multi-axial do OPD-2 possibilita que se abarque a complexidade e a inter-relação das condições e fatores que determinam os fenômenos e as patologias mentais do ponto de vista psicodinâmico. O OPD-2 é composto por 4 eixos psicodinâmicos e 1 eixo descritivo: I: vivência da doença e pré-requisitos para o tratamento; II: Relações interpessoais; III: Conflito psíquico; IV: Estrutura psíquica; V: Diagnóstico nosológico tradicional. Apesar de ser amplamente utilizado em vários países ainda não foram realizados estudos com o OPD-2 no Brasil. Objetivos: Esta dissertação apresenta a versão brasileira do OPD-2 e os estudos de validade de conteúdo, concordância inter-avaliadores e validade concorrente do instrumento. Método: A versão brasileira do instrumento foi criada através da adaptação da versão portuguesa. A avaliação do conteúdo do instrumento foi realizada por experts em psicoterapia psicodinâmica. A concordância inter-avaliadores foi avaliada utilizando-se 51 entrevistas de psicoterapia psicodinâmica. A validade concorrente comparou os itens do OPD-2 com os resultados do The World Health Organization Quality of Life - abbreviated version (WHOQOL-bref) e o Symptom Check-List-90-Revised (SCL-90R). Resultados: A avaliação de conteúdo considerou os itens claros quanto a linguagem e pertinentes teoricamente. Os eixos III e IV apresentaram maior índice de concordância inter-avaliadores. Os eixos I, III e IV obtiveram correlação significativa entre alguns itens com os resultados do SCL-90R e WHOQOL-bref. Conclusão: Este estudo demonstrou que o OPD-2 apresenta boas condições de avaliação de propriedades psicodinâmicas. Outros estudos com diferentes amostras e instrumentos devem ser realizados para verificação das propriedades psicométricas do OPD-2 no Brasil.
Abstract Background: Diagnoses based upon quantification of symptoms and their course is less suitable to psychodynamic psychotherapy, yet psychodynamic diagnoses are rarely scrutinized scientifically. The Operationalized Psychodynamic Diagnosis-2 seeks to enhance traditional diagnostic schemes through the operationalization of psychodynamic data relevant to the comprehension of psychological phenomena underlying clinical symptomatology. The multi-axial framing of OPD-2 allows the incorporation of the complexity and the inter-relations of conditions and factors determining mental phenomena and pathology from a psychodynamic perspective. OPD-2 has 4 psychodynamic and 1 descriptive axis: I: experience of illness and prerequisites for treatment; II: Interpersonal relations; III: Conflict ; IV: Structure ; V: Mental and psychosomatic disorders. Although largely used in a number of countries, there have been no studies with OPD-2 in Brazil. Objectives: We aimed to present the Brazilian version of OPD-2 and determine the content validity, inter-rater reliability and concurrent validity of the psychodynamic itens of the instrument. Methods: Experts in psychodynamic psychotherapy evaluated content and the inter-rater reliability was based on 51 dialogued interviews obtained during routine clinical practice in a specialized institution. Concurrent validity compared OPD-2 items with results from the World Health Organization Quality of Life - abbreviated version (WHOQOL-bref) and the Symptom Check-List-90-Revised (SCL-90-R). Results: Evaluation of content considered OPD-2 items as clear and theoretically pertinent. Axes III and IV had higher inter-rater concordance. Several items from axes I, III and IV correlated significantly with the SCL-90R and the WHOQOL-bref. Conclusion: OPD-2 is adequate to evaluate psychodynamic properties. Further studies with the OPD-2 in Brazil evaluating different samples and using distinct comparator instruments are needed to confirm and extend our findings.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/143052
Arquivos Descrição Formato
000992030.pdf (9.263Mb) Texto parcial Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.