Repositório Digital

A- A A+

A opinião da equipe de enfermagem sobre o uso do protocolo de prevenção de quedas em um hospital público federal

.

A opinião da equipe de enfermagem sobre o uso do protocolo de prevenção de quedas em um hospital público federal

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A opinião da equipe de enfermagem sobre o uso do protocolo de prevenção de quedas em um hospital público federal
Outro título The opinion of the nursing team about using the protocol of accidental falls at a public hospital
Outro título La opinion del equipo de enfermería sobre el uso del protocolo de prevención de caídas en un hospital público federal
Autor Silva, Denis Iaros Silva da
Orientador Silveira, Denise Tolfo
Data 2016
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem.
Assunto Acidentes por quedas
Gestão da segurança
Gestão de risco
Prevenção de acidentes
Segurança do paciente
[en] Accidental falls
[en] Accident prevention
[en] Nursing
[en] Risk management
[en] Safety management
[es] Accidentes por caídas
[es] Enfermería
[es] Gestión de riesgos
[es] Gestión de seguridade
[es] Prevención de accidentes
Resumo Para a qualificação do processo de implantação do protocolo de quedas de uma instituição hospitalar, houve a necessidade de escutar a equipe de enfermagem em relação à como percebe o protocolo, suas qualidades, dificuldades e desafios. Estudo qualitativo descritivo desenvolvido num hospital público federal de Porto Alegre/RS, com o objetivo de descrever a opinião da equipe de enfermagem sobre o uso do protocolo de prevenção de quedas. A coleta das informações ocorreu em junho de 2015, por meio de questionário aberto, através de pergunta descritiva, tendo um total de 26 participantes. As informações foram submetidas à análise de conteúdo, resultando nas categorias temáticas “A importância do protocolo”, “A melhor maneira de prevenir quedas”, “Pontos a serem melhorados no protocolo” e “Pontos fortes do protocolo”, sendo a categoria temática “Pontos a serem melhorados no protocolo” a mais evidenciada, tendo sido abordada por todos os participantes do estudo. Os profissionais trouxeram que percebem o protocolo como importante, mas que precisa ser adaptado ao contexto institucional e ao contexto dos diferentes setores, expandindo a responsabilidade da realização do mesmo para além da equipe de enfermagem. Os resultados possibilitam inferir que para ampliar a qualidade da assistência através da cultura de segurança do paciente e da otimização da prevenção de quedas nos ambientes hospitalares, torna-se importante a participação dos profissionais na implantação dos protocolos.
Abstract To qualify the process of implementation of accidental falls protocol from an institutional hospital, there was the necessity to listen to the nursing staff, concerning how they perceive the protocol, its qualities, difficulties and challenges. This is a qualitative and descriptive study, which was developed at a public hospital in Porto Alegre/RS. It aimed to describe the nursing team’s opinion about using the protocol falls prevention. Data collection was carried out in June 2015 through opened questionnaire and descriptive questions, from which 26 persons participated. Data was submitted to content analysis, from which resulted thematic categories: “The protocol importance”, “The best way to prevent accidental falls”, “Protocol: things to be improved” and “Protocol: real strength”, being the thematic category “Protocol: things to be improved” the most evidenced, which was also approached by all participants. Professional brought up that they notice the protocol as important, but it has to be adapted to the institutional context and to the different sectors’ context either, expanding the responsibility to beyond the nursing staff. The results enabled to infer that the participation of professionals to implementing the protocols is important, in order to extend the quality of assistance through the culture of patient’s safety and optimization of fall prevention in hospitals.
Resumen Para la cualificación del proceso de implantación del protocolo de caídas de un hospital, hubo la necesidad de escuchar el equipo de enfermería en relación a como se lo percibe el protocolo, sus calidades, dificultades y desafíos. Estudio cualitativo, descriptivo, desarrollado en un hospital público federal de Porto Alegre/RS. El objetivo del estudio fue describir la opinión del equipo de enfermería sobre el uso del protocolo de prevención de caídas. La recolecta de datos fue llevado a cabo en junio de 2015, por medio de cuestionario abierto, a través de pregunta descriptiva, teniendo un total de 26 participantes. Las informaciones fueron sometidas al análisis de contenido, resultando en las categorías temáticas “La importancia del protocolo”, “La mejor manera de prevenir caídas”, “Puntos a serien mejorados en el protocolo” y “Puntos fuertes del protocolo”, siendo la categoría temática “Puntos a serien mejorados en el protocolo” la más evidenciada, teniendo sido abordada por todos los participantes de estudio. Los profesionales trajeran que perciben el protocolo como importante, más que precisa ser adaptado al contexto institucional y al contexto de los distintos sectores, expandiendo la responsabilidad de la realización del mismo para además del equipo de enfermería. Los resultados posibilitan inferir que para ampliar la calidad de la asistencia a través de la cultura de seguridad del paciente y de la optimización de la prevención de caídas en los hospitales, se torna importante la participación de los profesionales en la implementación de los protocolos.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/143118
Arquivos Descrição Formato
000996231.pdf (1.935Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.