Repositório Digital

A- A A+

A construção da trajetória profissional de contadores a partir da experiência em uma Big Four

.

A construção da trajetória profissional de contadores a partir da experiência em uma Big Four

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A construção da trajetória profissional de contadores a partir da experiência em uma Big Four
Autor Feijó, Carla dos Santos
Orientador Scheffer, Angela Beatriz Busato
Data 2016
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Programa de Pós-Graduação em Administração.
Assunto Carreira profissional
Trajetoria profissional
[en] Auditing
[en] Big Four
[en] Career
[en] Professional trajectory
Resumo Este estudo objetivou analisar de que modo a vivência em uma das maiores empresas mundiais de auditoria (Big Four) influenciou na construção das trajetórias de carreira dos contadores que lá tiveram experiência como auditor ou consultor. Para a realização desta pesquisa qualitativa contou-se com a participação de catorze contadores que trabalham ou trabalharam nestas organizações. A coleta de dados ocorreu por meio de entrevista semiestruturada. A apresentação dos resultados foi organizada em 20 categorias iniciais, que deram origem a 7 intermediárias e 3 categorias finais de análise. Elas dizem respeito às expectativas e idealizações no início da carreira, à experiência vivenciada na Big e às mudanças de perspectivas pessoais e profissionais impactando nas decisões de carreira dos entrevistados. Esta dissertação possibilitou perceber, pela visão dos contadores entrevistados, que a experiência nestas empresas gera influências significativas, que poderiam ser considerados legados, tanto profissionais como pessoais para os indivíduos, devido ao dinamismo, definido por eles como diferenciado, a que essas pessoas ficaram sujeitas. Além disso, verificou-se que para quem decide sair dessas instituições, há uma alta empregabilidade no mercado de trabalho e, para os que decidem permanecer, há a possibilidade de se tornar sócio, dependendo das suas escolhas e direcionamentos das trajetórias de carreira, que são baseadas nos gostos e preferências pessoais, mas também influenciada pelo meio social no qual essas pessoas estão inseridas. Mostrou-se forte, nesta pesquisa, a influência da família para o direcionamento das escolhas e da constituição das trajetórias profissionais. Revelaram-se experiências nas Bigs enquanto carreiras organizacionais, hierarquizadas, em um ambiente com altas demandas de trabalho e priorização da carreira em detrimento à vida pessoal; entretanto, ao longo do tempo as mudanças de vida que ocorreram, demandaram, em determinado momento, um maior equilíbrio entre vida pessoal e profissional, que foi o maior direcionador das escolhas das novas trajetórias. O dilema das auditoras e o interesse pela docência, que a maioria dos entrevistados demonstrou, também são resultados desta pesquisa.
Abstract This study analyzed how the experience in one of the largest audit firms (Big Four) influenced the construction of the Accountant career trajectories while auditor or consultant. For the realization of this qualitative research was counted with the participation of fourteen accountants who work or have worked in these organizations. The data were collected through semi-structured interview. The presentation of the results was organized in 20 initial categories, which gave rise to 7 intermediate and final 3 categories of analysis. They relate to expectations and idealizations early in his career, to the experience of the Big and changes of personal and professional perspectives impacting on the respondents career decisions. This work made it possible to realize, by the interviewees counters that the experience these companies generate significant influences, which could be considered legacy, both professional and personal to individuals, due to the dynamics defined by them as differentiated, that these people were subject. Moreover, it was found that for those who decide to leave these institutions, there is a high employability in the labor market and for those who decide to stay, there is the possibility of becoming a partner, depending on your choices and directions of career paths that they are based on personal tastes and preferences, but also influenced by the social environment in which these people are located. Proved to be strong in this research, the family influence on the direction of the choices and the establishment of professional trajectories. They have proven experience in the Bigs as organizational, hierarchical careers in an environment with high job demands and prioritizing career over personal life; however, over time the life changes that occurred, demanded at any given time, a better balance between personal and professional life, which was the biggest driver of the choices of new paths. The dilemma of auditing and interest in teaching, most of them show, are also results of this research.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/143286
Arquivos Descrição Formato
000996598.pdf (1.408Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.