Repositório Digital

A- A A+

Aspectos etiológicos e epidemiológicos do complexo Mancha Branca do Milho

.

Aspectos etiológicos e epidemiológicos do complexo Mancha Branca do Milho

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Aspectos etiológicos e epidemiológicos do complexo Mancha Branca do Milho
Outro título Etiological and epidemiological aspects of the maize white leaf spot complex
Autor De Carli, Márcio Luiz
Orientador Dal Soglio, Fabio Kessler
Co-orientador Barbosa Neto, Jose Fernandes
Data 2008
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Agronomia. Programa de Pós-Graduação em Fitotecnia.
Assunto Doença de planta : Fungo
Resumo O experimento foi realizado em quatro locais: Cruz Alta, Mato Queimado, Machadinho e Vila Maria no Rio Grande do Sul. A avaliação da severidade da doença foi realizada com escala diagramática representando a porcentagem de área foliar afetada. A Área Abaixo da Curva de Progresso da Doença (AACPD) foi calculada e a média diária das variáveis climáticas como: precipitação, temperatura e umidade relativa foram correlacionadas com os índices da doença. Foram testados modelos matemáticos e os que melhor se ajustaram a curva de progresso da doença foi o linear para o híbrido suscetível, e o exponencial para o híbrido resistente. Observou-se correlação (R²) significativa de algumas variáveis climáticas com os índices da doença. Em geral foi verificado que o híbrido suscetível teve rendimento menor do que o híbrido resistente. Os componentes da resistência analisados (número e tamanho de lesão) se comportaramde maneira conflitante entre os ambientes. Só permitiram detectar diferenças entre os híbridos em dois ambientes estudados A Mancha Branca do Milho é uma doença que atinge as folhas do milho principalmente após o florescimento. Trabalhos sobre a etiologia desta doença não esclareceram qual é o verdadeiro agente etiológico no Brasil. As análises da epidemiologia da doença são importantes para observar as relações do patógeno com seu hospedeiro e a interferência das variáveis climáticas nesse sistema. Portanto, o objetivo deste trabalho foi identificar agentes causais e aspectos epidemiológicos da Mancha Branca do Milho. Para identificar os agentes etiológicos presentes nas lesões, foram coletadas folhas de milho dos híbridos AS1570 e AS 1567 em seis ambientes: Ribeirão Preto (SP), Chapadão do Sul (MS), Guarapuava (PR), Lages (SC), Mato Queimado e Vila Maria (RS). Foram encontrados dois fungos associados às lesões de Mancha Branca do Milho. Phoma sorghina foi o fungo predominante em quatro ambientes e Phoma sp. apenas em dois ambientes. Para o estudo da epidemiologia foram semeados dois híbridos, o AS32 e o AS3466, suscetível e resistente à Mancha Branca do Milho, respectivamente...
Abstract The analyses were done in randomize block design with four replications at locations: Cruz Alta, Mato queimado, Machadinho and Vila Maria in Rio Grande do Sul. Disease index was assessed percentage of leaf area affected. The Area Under Disease Progress Curve (AUDPC) was calculated and weather variables as average daily precipitacion, daily average temperature and daily average relative humidity. Were correlated with the disease index. Mathematical models were tested and the best adjusted to the disease progress curve were the linear model, for the susceptible hybrid, and the exponential model, for the resistant one. Significant correlation was observed for some climatic variables with the disease index. In general, it was verified that the susceptible hybrid had the lowest yields. The components of resistance analized (number and size of lesions) had a conflicting behavior at the environments studied. Differences between hybrids were found only in two environments. The Maize White Leaf Spot is a disease that affects the maize crop mainly at the physiological maturation period. Although knowledge is available about the etiology of this disease, there are many uncertainties about the etiological agent in Brazil. Also, the epidemiological analysis of the disease is important to observe disease patterns in relation to weather conditions. Therefore, the objective of this work was to identify the causal agents and to study epidemiological aspects of the Maize White Leaf Spot. Leaves of maize hybrids of AS1570 and AS1567 were collected in six different environments: Ribeirão Preto (SP), Chapadão do Sul (MS), Guarapuava (PR), Lages (SC), Mato queimado and Vila Maria (RS). In these locations two fungi had been found associated with the lesions: Phoma Sorghina was the predominant fungi in the four locations and Phoma sp. was found in higher frequency in two. For the epidemiological study, two hybrids were sown: the AS32 and the AS3466, respectively susceptible and resistant to the Maize White Leaf Spot...
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/14343
Arquivos Descrição Formato
000664797.pdf (911.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.