Repositório Digital

A- A A+

As Américas de Narcos: representações identitárias em uma série transnacional

.

As Américas de Narcos: representações identitárias em uma série transnacional

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título As Américas de Narcos: representações identitárias em uma série transnacional
Autor Vieira, Martina Nichel
Orientador Rossini, Miriam de Souza
Co-orientador Pimentel, Juliano Rodrigues
Data 2016
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Curso de Comunicação Social: Habilitação em Jornalismo.
Assunto Identidade nacional
Narcos (Série de televisão)
[en] Audiovisual
[en] Cinema transnacional
[en] Identidad
[en] Netflix
Resumo Este trabalho tem como objetivo analisar as representações identitárias da Colômbia e dos Estados Unidos na primeira temporada da série Narcos (2015), produção original da Netflix. A discussão sobre identidade parte dos Estudos Culturais britânicos, através de conceitos de Stuart Hall (2013), e latinoamericanos, com Néstor García Canclini (2003). Os autores Tomaz Tadeu da Silva (2013), Kathryn Woodward (2013) e Renato Ortiz (1994) também contribuem para compreender o descentramento do sujeito pós-moderno, os modos como as nações são imaginadas e a relação entre identidade e diferença. Essas questões são pertinentes para o tencionamento de projetos transnacionais de produção audiovisual, pois influenciam seus modos de produção e de distribuição. Valdellós e Muñoz (2011) e Bordwell (2008) nos ajudam a entender como a série Narcos se insere nesse contexto, já que é uma produção estadunidense, com diretores e atores latino-americanos e norte-americanos, ambientada na Colômbia. A narrativa é construída a partir da narração de um policial estadunidense, que descreve as relações entre Estados Unidos e Colômbia, qualificando os dois países. Através da análise fílmica, compara-se a voz do narrador e a apresentação em linguagem audiovisual das representações dos territórios colombiano e estadunidense, dos agentes políticos e dos policiais dos dois países. Com base na análise dessas três categorias, é possível identificar diferentes representações identitárias dos dois países e relacioná-las com as características transnacionais de produção e distribuição da série Narcos.
Abstract Este trabajo tiene como objetivo analizar las representaciones de las identidades de Colombia y de los Estados Unidos en la primera temporada de la serie Narcos (2015), producción original de Netflix. La discusión acerca de la identidad parte de los Estudios Culturales británicos a través de conceptos de Stuart Hall (2013), y latinoamericanos, con Néstor García Canclini (2003). Los autores Tomaz Tadeu da Silva (2013), Kathryn Woodward (2013) y Renato Ortiz (1994) también contribuyen a la comprensión del descentramiento del sujeto posmoderno, las formas en que son imaginadas las naciones y la relación entre identidad y diferencia. Estas cuestiones son relevantes para el tensionamiento de proyectos transnacionales de producción audiovisual, ya que influyen en sus modos de producción y distribución. Valdellós y Muñoz (2011) y Bordwell (2008) nos ayudan a entender como la serie Narcos se introduce en este contexto, ya que es una producción estadounidense con directores y actores latino-americanos y norteamericanos, ambientada en Colombia. La narrativa se construye a partir de la narración de un policía estadounidense, que describe la relación entre Estados Unidos y Colombia, calificando los dos países. A través del análisis fílmico, comparanse la voz del narrador y la presentación em linguaje visual de las representaciones de los territorios de Colombia y Estados Unidos, de los agentes políticos y policías de los dos países. Con base en el análisis de estas tres categorías, es posible identificar las diferentes representaciones de las identidades de ambos países y relacionarlas con las características transnacionales de producción y distribución de la serie Narcos.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/144261
Arquivos Descrição Formato
000998971.pdf (2.963Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.