Repositório Digital

A- A A+

Associação entre a presença de restos radiculares e a autopercepção de saúde bucal em idosos

.

Associação entre a presença de restos radiculares e a autopercepção de saúde bucal em idosos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Associação entre a presença de restos radiculares e a autopercepção de saúde bucal em idosos
Outro título Association between tooth root remains and self-reported oral health among the elderly
Autor Martins, Aline Blaya
Dalberto, Charlene da Silveira
Hugo, Fernando Neves
Resumo A presença de restos radiculares é um achado clínico comum entre os idosos e pode refletir necessidades de tratamento. O objetivo deste estudo foi analisar a associação entre a presença de restos radiculares e a autopercepção de saúde bucal por idosos. Foram analisados dados secundários de dois distritos sanitários de Porto Alegre-RS, com base em um modelo teórico conceitual para investigar fatores relacionados com autopercepção de saúde bucal: gênero, idade, escolaridade, situação marital, tabagismo, hábito etílico, procura por cuidados em saúde bucal, participação em grupos, renda familiar suficiente, serviço de saúde bucal acessado, número de dentes e presença de restos radiculares. Os dados foram analisados por testes de Qui-quadrado e Regressão de Poisson (IC 95%; α 5%). A amostra foi composta por 849 idosos com idade média de 69,7 anos (± 7,2); 14,5% deles tinham restos radiculares mantidos em boca e 60,7% referiram sua percepção de saúde bucal como boa. A análise hierárquica mostrou associação entre a ausência de restos radiculares e a autopercepção positiva de saúde bucal. A qualificação e a ampliação da oferta do cuidado continuado devem ser pensadas, para permitir ações que garantam a manutenção de boas condições de saúde bucal para a população idosa.
Abstract The presence of tooth root remains is a common clinical finding among elderly patients and may reflect a need for treatment. The scope of this study sought to explore the association between the presence of tooth root remains and self-reported oral health among the elderly. Secondary data from two sanitary districts of Porto Alegre, State of Rio Grande do Sul, were analyzed. A conceptual theoretical model was used in the analysis to assess factors related to self-perceived oral health: gender, age, education, marital status, smoking habit, alcohol consumption, demand for oral health care, participation in community groups, family economic self-sufficiency, oral health service accessed, number of teeth and the presence of tooth root remains. The statistical data were analyzed using Chi-square and Poisson Regression tests (95% CI analysis; α 5%). The sample consisted of 849 elderly individuals with a mean age of 69.7 years (± 7.2); 14.5% of the elderly had tooth root remains and 60.7% reported good self-perceived oral health. According to the hierarchical analysis, the absence of tooth root remains was associated with good oral health perception. The qualification and expansion of health care provided should be considered in order to allow planning actions to ensure the maintenance of good oral health for the elderly.
Contido em Ciência & saúde coletiva. Rio de Janeiro. Vol. 20, n. 12 (dez. 2015), p. 3669-3679
Assunto Idoso
Odontologia geriatrica
Saúde bucal
[en] Aging
[en] Dental care
[en] Primary health care
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/144325
Arquivos Descrição Formato
000985532.pdf (214.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.