Repositório Digital

A- A A+

Imagens do século XIX na ficção de Luiz Antonio de Assis Brasil

.

Imagens do século XIX na ficção de Luiz Antonio de Assis Brasil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Imagens do século XIX na ficção de Luiz Antonio de Assis Brasil
Autor Silva, Débora T. Mütter da
Orientador Tutikian, Jane Fraga
Data 2008
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Graduação em Letras.
Assunto Brasil, Luiz Antonio de Assis 1945-. Crítica e interpretação
Crítica literária
Educação : Século XIX
Ficção
Hipertextualidade (Luiz Antonio de Assis Brasil)
Literatura brasileira
Literatura e História
Literatura sul-rio-grandense
Tese
[en] Hipertextuality
[en] History
[en] Identity
[en] Images
[en] Literature
[en] Reader
Resumo Esta tese de doutoramento investiga os modos de interlocução entre a Literatura e a História na ficção de Luiz Antonio de Assis Brasil. Parte-se da idéia de constituição e de modificações de imagens na consciência leitora, bem como de suas possíveis reverberações no imaginário coletivo e na cultura, analisando-se cinco obras do escritor gaúcho, a saber: Perversas famílias (1992), Concerto Campestre (1997), O pintor de retratos (2002), A margem imóvel do rio (2003) e Música perdida (2006). Todas elas caracterizam-se pela localização temporal no século XIX e por relações evidentes com elementos históricos. A hipótese inicial é de que há, entre essas narrativas, pontos de contato, fundando novas configurações de sentido ao outrora. Tais conexões excedem os limites de uma única obra, para oferecer novas imagens a eventos e a personagens da História Sulina e Nacional. Além da temporalidade, outras coincidências estruturais e temáticas estabelecem vínculos a ponto de permitir a imagem de um universo paralelo à história oficial ou a outra que se ampara nas lendas e mitos da cultura popular. Numa época em que a exploração do passado no gênero romanesco cedeu espaço para temáticas mais contemporâneas, indagam-se as causas pelas quais as obras do romancista portoalegrense seguem com fôlego, garantindo prêmios e conquistando leitores. O estudo divide-se em quatro etapas assim definidas: um panorama da vida, da obra e da fortuna crítica do escritor cujo título é Um romancista do Sul. No mesmo, já ficam esboçadas as linhas de força da análise, dando também a orientação ao percurso teórico. A segunda etapa, cujo título é A escritura entre a ficção e a História, apresenta as bases teóricas que sustentaram, mas que, sobretudo, foram ditadas pela etapa analítica. Uma variada gama de teorias e conceitos como intertextualidade, imagologia, hipertextualidade, meta-história, autor implícito, ironia, silêncio, alteridade e estilística conjugam-se. Todas com o fim de identificar os recursos adotados pelo escritor, para inculcar no leitor, por meio do efeito estético, uma retórica ficcional, que se caracteriza em todos os aspectos pelo propósito revisional. As duas partes subseqüentes intitulam-se respectivamente O itinerário da paixão: da margem para o centro e para outras margens e Circuito de imagens: romance, História e identidade. Ambas dedicam-se à análise e à interpretação das obras do corpus, sendo a primeira inteiramente focada n’A margem imóvel do rio e a segunda, dedicada às relações entre todas as narrativas do corpus. A última parte, intitulada O maestro do romance, apresenta algumas idéias conclusivas sobre o percurso sem, contudo, encerrar questão quanto às mesmas e, desviando, sempre a atitude classificatória.
Abstract This doctoral dissertation investigates the modes of interlocution between Literature and History in Luiz Antonio de Assis Brasil’s work. One departs from the configuration and changes of images in the reader’s consciousness as well as their effect on the collective imaginary and culture through the analysis of five novels by the gaucho writer such as: Perversas famílias (1992), Concerto Campestre (1997), O pintor de retratos (2002), A margem imóvel do rio (2003) e Música perdida (2006). All five novels are characterized by being located in the nineteenth century and also by their relation with historical elements. The starting hypothesis refers to the relations among those narratives, adding new configurations to the past. Such connections exceed the limits of a single work, providing new images to Southern and National historical events and characters. Besides the temporality, structural and thematic coincidences establish ties that allow the image of a universe similar to the official history or to another based on legends and myths of folk culture. In our time when the search for the past in the romance genre gives away to more contemporary themes, one raises questions about the reasons why the novels of the author are still in vogue, which can be proved by the increase of new readers and literary prizes. The dissertation is divided into four stages such as: overview of the writer’s life, work and criticism entitled Um romancista do Sul. In this first chapter the analysis is already outlined guiding the theoretical path. The second stage whose title is A escritura entre a ficção e a História presents the theoretical foundation focused on the analytical stage. A varied array of theories and concepts such as intertextuality, imagology, hipertextuality, metahistory, implicit author, irony, silence, alterity and stylistics are all related with the objective of identifying the resources employed by the author to inculcate on the reader, by means of esthetic effect, a fictional rhetoric, which is characterized in all aspects by the revisional purpose. The two subsequent parts are entitled respectively: O itinerário da paixão: da margem para o centro e para outras margens and Circuito de imagens: romance, História e identidade. Both deal with the analysis and the interpretation of the works of the corpus, the first one focused entirely on A margem imóvel do rio and the second on the relations among all the narratives of the corpus. The last stage entitled O maestro do romance presents some conclusive ideas about the development of the work; however, it does not close the discussion, avoiding classificatory approach.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/14750
Arquivos Descrição Formato
000667401.pdf (1.498Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.