Repositório Digital

A- A A+

Educação física no NASF : considerações sobre a presença da profissão na rede de atenção básica de saúde, no município de Porto Alegre/RS

.

Educação física no NASF : considerações sobre a presença da profissão na rede de atenção básica de saúde, no município de Porto Alegre/RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Educação física no NASF : considerações sobre a presença da profissão na rede de atenção básica de saúde, no município de Porto Alegre/RS
Autor Sandri, Anelise
Orientador Bilibio, Luiz Fernando Silva
Data 2016
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Curso de Educação Física: Bacharelado.
Assunto Atenção primária à saúde
Promoção da saúde
[en] Health promotion
[en] NASF
[en] Physical education
[en] Primary health care
[en] Technical assistance model
Resumo Este estudo traz considerações a cerca da presença profissional da educação física dentro da Rede de Atenção Básica do sistema municipal de saúde do município de Porto Alegre, Rio Grande do Sul. Mais especificamente busca levantar elementos sobre essa participação nos Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF) deste município. Oito anos após a criação deste serviço, é possível notar que ocorreu um descompasso significativo relativo às implantações dos NASF’s no país. O Rio Grande do Sul é um estado com poucos NASF’s implantados, sendo sua capital, Porto Alegre, um retrato desta situação. O quadro se repete ainda em relação á pouca presença do profissional de educação física nos NASF’s desta cidade, mesmo – em nível nacional – a educação física sendo uma das cinco profissões mais contratadas neste serviço do Sistema Único de Saúde (SUS). Como forma de tentar entender como esse fenômeno ocorreu e quais seriam alguns elementos explicativos para este quadro (pouca presença profissional no município), essa pesquisa de caráter qualitativo e exploratório utilizou-se de entrevistas feitas com dois gestores da saúde: um municipal e outro federal. As entrevistas semi-estruturadas contaram com cinco perguntas norteadoras sobre o tema. Tais conversas foram gravadas e, após suas transcrições, usou-se a Análise de Conteúdo na perspectiva de Laurence Bardin (1977) como método de organização e análise dos elementos respondidos. A partir das análises, foi possível levantar algumas pistas que podem auxiliar na descrição do quadro dessa presença; entre elas se destaca a história do modelo tecnoassistencial da rede de saúde da capital gaúcha, acoplada aos condicionantes financeiros da gestão municipal.
Abstract This study considers the presence of physical eduaction professionals in the primary health care system of Porto Alegre, Rio Grande do Sul. More specifically, it aims at bringing elements on their participation in city's Family Health Support Centers (NASFs). Eight years after the creation of this service, it is clear that there has been a significant mismatch concerning the Family Health Support Centers implementation in the rest of the country. The state of Rio Grande do sul has few NASFs, being its capital, Porto Alegre, a portrait of this scenario. The same can be observed in relation to the scarce presence of physical education professionals in the city’s NASFs, even physical education representing, at a national level, one of the five most hired professions in this Brazilian Unified Health System service. As an attempt to understand how such phenomemon has taken place and which would some of its explanatory elements be, this qualitative and explanatory research used interviews made with a municipal and a federal health manager. The semi-structured interviews consist of five heading questions on the subject. These conversations were recorded and, after their transcriptions, Content Analysis in the perpective of Laurence Bardin (1977) was the mothod used to ornanize and analyse the elements answered. Based on the analysis, it was possible to bring up with some clues which may help describing the situation observed; among which the “technical assistance model” history of Porto Alegre's health care system, attached to municipal management financial constraints, stands out.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/147946
Arquivos Descrição Formato
001001209.pdf (702.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.