Repositório Digital

A- A A+

O que diz a literatura sobre o plano de parto frente as boas práticas no parto e nascimento

.

O que diz a literatura sobre o plano de parto frente as boas práticas no parto e nascimento

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O que diz a literatura sobre o plano de parto frente as boas práticas no parto e nascimento
Autor Pontes, Maria Jurema Bandeira
Orientador Moretto, Virgínia Leismann
Data 2016
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Curso de Especialização em Enfermagem Obstétrica.
Assunto Cuidado pré-natal
Enfermagem obstétrica
Humanização da assistência
Parto humanizado
Recém-nascido
[en] Decision-making
[en] Humanized birth
[en] Obstetric
[en] Prenatal
Resumo A Rede Cegonha é uma política do Ministério da Saúde do Brasil, implantada em 2011, com objetivo de promover assistência humanizada às mulheres e suas proles como estratégia de boas práticas durante o processo de parto e nascimento. Este estudo buscou verificar o que diz a literatura sobre Plano de Parto e seus objetivos, descrever e discutir as publicações encontradas para o desenvolvimento de uma proposta de inserção de plano de parto na atenção pré-natal e reconhecimento nas maternidades que este for apresentado. O método utilizado foi uma revisão integrativa (RI), pois esta medodologia permite agrupar os resultados obtidos de pesquisas primárias sobre o tema, sintetizar e analisar os dados e desenvolver uma explicação, contribuindo para o conhecimento e socialização do tema. Como resultado da RI foi possível constatar que o Plano de Parto contribui para o empoderamento da gestante no processo gravidico puerperal, porém não é respeitado pelos profissionais de saúde no momento do parto e nascimento. A maioria das instituições descritas nos cinco artigos da RI proporcionam à gestante alguns aspectos de uma atenção humanizada. Porém, essas ações de humanização não estão relacionadas à vontade da gestante, como seu planejamento para o parto e sim como ações já existentes e oferecidas à parturiente como rotina e protocolos institucionais. Sendo assim, o estudo recomenda a necessidade de implantação de políticas de saúde que facilitem e colaborem na implementação e execução do Plano de Parto durante o pré-natal e na atenção ao parto, como forma de garantir o respeito à gestante. Portanto, é proposto o desenvolvimento de capacitações para os profissionais de saúde que e prestam assistência ao parto no município de Rio Grande/RS para discutir as “Boas práticas” e a construção de Planos de Parto na rede de atenção.
Abstract The Stork Network is a policy of the Ministry of Health of Brazil, implemented in 2011, aiming to promote humanized assistance to women and their offspring as a strategy of good practice during the process of labor and birth. This study aimed to verify what does the literature on Delivery Plan and its objectives, describe and discuss publications found for developing a birth plan insertion proposed in prenatal care and recognition in maternity wards which it is presented. The method used was an integrative review (IR), as this methodology allows grouping the results of primary research on the topic, summarize and analyze the data and develop an explanation, contributing to the knowledge and socialization theme. As a result of IR was established that the Delivery Plan contributes to the empowerment of pregnant women in the puerperal pregnancy process, but it is not respected by health professionals at delivery and birth. Most institutions described in RI five articles provide the pregnant woman some aspects of a humanized care. But these humanizing actions are not related to the will of the pregnant woman, as its planning for childbirth, but as existing shares and offered to laboring women routinely and institutional protocols. Therefore, the study recommends the need to implement health policies that facilitate and collaborate in the implementation and execution of the Delivery Plan for prenatal and delivery care, in order to ensure respect for the pregnant woman. However, the development of training is proposed for health professionals who perform prenatal and provide delivery care in the city of Rio Grande / RS to discuss "good practices" of attention and building Delivery Plans in care network.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/147952
Arquivos Descrição Formato
001001256.pdf (432.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.