Repositório Digital

A- A A+

A construção do projeto de vida e carreira em estudantes indígenas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul : um estudo exploratório

.

A construção do projeto de vida e carreira em estudantes indígenas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul : um estudo exploratório

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A construção do projeto de vida e carreira em estudantes indígenas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul : um estudo exploratório
Autor Angelin, Ana Paula
Orientador Teixeira, Marco Antonio Pereira
Data 2015
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Programa de Pós-Graduação em Psicologia.
Assunto Carreira profissional
Estudantes indígenas
Estudantes universitarios
Projeto de vida
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
[en] Adaptation
[en] Career
[en] Indigenous students
[en] Project life
Resumo Esta dissertação buscou explorar a adaptação dos estudantes indígenas à Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), bem como a construção de seus projetos de vida e carreira. A pesquisa dividiu-se em dois estudos: o primeiro descreveu características sociodemográficas e variáveis de adaptação à universidade, sendo que 17 participantes responderam a um instrumento construído para este fim. Já o segundo estudo buscou apreender os significados atribuídos à experiência de frequentar a universidade e aos projetos de vida e carreira de 8 estudantes, com os quais realizou-se uma entrevista de roteiro flexível. Os resultados sugeriram que os estudantes indígenas valorizam a educação em nível superior e contam com o apoio familiar e comunitário para concluir os estudos. A importância da educação superior relacionou-se com a formação de competências que apoiem a realização do projeto de auxiliar as comunidades indígenas após a conclusão do curso. Assim, os participantes demonstraram uma perspectiva temporal orientada ao presente resultando em pouco planejamento para o futuro, sendo que o papel de trabalho não foi visto como o mais saliente em sua estrutura de vida. No entanto, de acordo com a perspectiva relacional, o conceito de trabalho deve ser ampliado. Por fim, foram discutidas implicações práticas destes achados.
Abstract This research sought to explore the adaptation of Indian students at the Federal University of Rio Grande do Sul (UFRGS), as well as building their life and career projects. The research was divided into two studies: the first described sociodemographic characteristics and variable adaptation to the university, with 17 participants responded to a tool for this purpose. The second study examines the meanings attributed to the experience of attending university and life and career projects of 8 students, with whom held a flexible roadmap interview. The results suggested that indigenous students value education at the college level and rely on family and community support to finish their studies. The importance of higher education was related to the formation of competencies to support the realization of the project to assist the indigenous communities upon completion of the course. The participants demonstrated a temporal perspective in the present resulting in little planning for the future, and the paper work was not seen as the most prominent in your life structure. However, according to the relational approach, the concept of work is to be expanded. Finally, implications of these findings were discussed.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/148253
Arquivos Descrição Formato
001000434.pdf (955.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.