Repositório Digital

A- A A+

O Celpe-Bras como instrumento de política linguística : um mediador entre propósitos e materializações

.

O Celpe-Bras como instrumento de política linguística : um mediador entre propósitos e materializações

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O Celpe-Bras como instrumento de política linguística : um mediador entre propósitos e materializações
Autor Dorigon, Thomas
Orientador Garcez, Pedro de Moraes
Data 2016
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Graduação em Letras.
Assunto Celpe-Bras
Certificado de proficiência
Lingüística aplicada
Política lingüística
[en] Celpe-Bras
[en] Instrument of language policy
[en] Language Policies
[en] Use oriented testing
Resumo O presente estudo analisa o Certificado de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros, Celpe-Bras, como instrumento de política linguística, entendido como uma avaliação orientada para o uso (Shohamy, 2006, 2007; McNamara, 2010, Da Silva, 2011). Através da coleta de materiais documentais e da revisão de literatura, este trabalho busca a) problematizar o uso e a implicação do uso dos termos instrumento de política linguística para tratar de exames de línguas, b) analisar se o Celpe-Bras é um instrumento de política linguística e c) se sim, como é utilizado. Partindo do entendimento de políticas linguísticas como processos complexos sujeitos a interpretações dos agentes que as implementam (Johnson, 2013) e de que as políticas linguísticas expressas em textos e discursos não necessariamente correspondem à política linguística efetiva (Shohamy, 2006), as análises aqui empreendidas verificam quais são os propósitos declarados e os objetivos de política linguística quando da criação do Celpe-Bras – o que aparece nos documentos e discursos – e como esses propósitos e objetivos se materializam, atentando para instâncias de repercussão do Celpe-Bras. As análises também identificam pautas econômicas, sociais, políticas, ideológicas e culturais com as quais o Celpe-Bras se vincula, e explicitam como se dá esse vínculo. O trabalho aponta para o Celpe-Bras como um instrumento de política linguística, utilizado por professores, pesquisadores, profissionais e docentes de universidades ligados à área de PLA para a implementação de políticas linguísticas, cujos efeitos vão além da pauta educacional. Esses agentes não apenas implementam as políticas, como também se apoderam do construto teórico do Celpe-Bras como orientador para planejarem aulas, discutirem conceitos, fornecerem explicações, estruturarem currículos etc. Eles são, portanto, ativos no processo de criação e implementação de políticas linguísticas. O presente estudo visa a contribuir para um melhor entendimento sobre o papel do Celpe-Bras e dos agentes envolvidos na conversão de políticas em materializações, bem como legitimar o exame como avaliação de proficiência do português brasileiro.
Abstract The current study analyzes the Certificate of Proficiency in Portuguese for Foreigners, Celpe-Bras, as an instrument of language policy, understood as a use oriented testing (Shohamy, 2006, 2007; McNamara, 2010, Da Silva, 2011). By means of collecting documentary materials and reviewing the literature, this research seeks to a) problematize the use and the implication of the use of the terms instrument of language policy to deal with language exams, b) analyze if Celpe-Bras is an instrument of language policy and c) if so, how it is utilized. Building on the understanding of language policies as complex processes subject to interpretation of the agents who implement them (Johnson, 2013) and that the language policies expressed in texts and discourses don't necessarily correspond to the real language policy (Shohamy, 2006), the analyzes here undertaken verify what the intentions and objectives when Celpe-Bras was created are – what appears in documents and discourses – and how these intentions and objectives materialize, attempting to instances of repercussion of Celpe-Bras. The analyzes also identify economic, social, political, ideological and cultural agendas with which Celpe-Bras is attached to, and how this connection happens. The study points to Celpe-Bras as an instrument of language policy, utilized by teachers, researchers, professionals and scholars related to the Portuguese as an Additional Language (PAL) area for the implementation of language policies, whose effects go beyond the educational agenda. These agents not only implement the policies, but also appropriate the theoretical construct of Celpe-Bras as a guiding for planning classes, discussing concepts, delivering explanations, structuring curricula etc. They are, therefore, active in the process of creation and implementation of language policies. The current study aims at contributing for a better understanding of the role of Celpe-Bras and the agents involved in the conversion of policies into materializations, as well as legitimating the exam as proficiency assessment of Brazilian Portuguese.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/148497
Arquivos Descrição Formato
001002390.pdf (1.551Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.