Repositório Digital

A- A A+

Língua portuguesa na educação escolar bilíngue de surdos

.

Língua portuguesa na educação escolar bilíngue de surdos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Língua portuguesa na educação escolar bilíngue de surdos
Autor Müller, Janete Inês
Orientador Karnopp, Lodenir Becker
Data 2016
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Educação bilíngue
Estudos culturais
Surdos
[en] Bilingual school education
[en] Cultural studies in education
[en] Deaf
[en] Deaf studies
[en] Portuguese language
Resumo Na articulação aos Estudos Culturais em Educação, aos Estudos Surdos e à Linguística, busca-se, nesta tese, responder à seguinte problemática de pesquisa: como o ensino de língua portuguesa a surdos vem sendo produzido em contextos de educação escolar bilíngue no Rio Grande do Sul? Para isso, objetiva-se: a) descrever e problematizar a educação bilíngue em escolas de surdos do Rio Grande do Sul; b) investigar e analisar práticas discursivas de ensino de língua portuguesa a surdos em contextos de educação escolar bilíngue. Ao operar com ferramentas teórico-metodológicas da análise de discurso foucaultiano, os dados desta investigação foram produzidos em etapas: 1) visitas de apresentação a oito (8) escolas participantes da pesquisa, incluindo conversas com integrantes de equipes diretivas e professoras (com encaminhamento de procedimentos éticos); 2) pesquisa em documentos escolares: Regimento Escolar, Proposta Político-Pedagógica e Planos de Estudos do componente curricular de Língua Portuguesa; 3) entrevistas presenciais com doze (12) professoras de Língua Portuguesa a surdos; 4) rodas de conversa com as professoras participantes da pesquisa. Em uma análise de artefatos culturais, sinaliza-se que, diante dos fracassos dos estudantes surdos em escolas especiais ou comuns e da consequente resistência a ineficazes modos oralistas e bimodais de ensino, luta-se por outro modo de condução: uma educação bilíngue, que está sendo construída em escolas de surdos. Na composição do corpus desta pesquisa, a investigação empreendida possibilita concluir que uma educação escolar bilíngue de surdos é tecida principalmente em práticas discursivas acadêmicas, políticas e escolares, sendo o ‘discurso da educação bilíngue’ produzido por enunciados de diferentes campos discursivos, que lhe conferem status de verdade. Em defesa da potencialidade de uma educação escolar bilíngue de surdos, centralizada no ensino e no acesso ao mundo em Libras, no contato com artefatos da cultura surda e no encontro com diferentes surdos, a investigação de contextos escolares também aponta impasses e desafios, principalmente linguístico-culturais (uso e status das línguas em contato), socioeconômicos (participação familiar e investimentos na escola) e político-pedagógicos (atravessamentos das mantenedoras, concepções que permeiam a educação de surdos, formação docente e propostas de ensino das professoras). Nesses singulares cenários escolares, cotidianamente (re)inventados, figura o ensino de língua portuguesa, e sua importância atribui-se à interação social de surdos no País, sendo que estes, como estudantes, têm sinalizado maior interesse em aprendê-la. Nesta tese, a língua portuguesa, na modalidade escrita, é entendida como uma língua adicional à Libras, de modo que, em práticas discursivas pedagógicas e escolares, é dada relevância para a educação linguística e o letramento de surdos em português. Nesses processos de ensino, sugerem-se mudanças curriculares; também se apontam os necessários avanços na produção de recursos didáticos e na interlocução com subsídios teóricos e estratégias metodológicas. Além disso, o olhar para as práticas discursivas escolares possibilita concluir que o ensino de língua portuguesa está articulado a representações acerca do sujeito surdo, a concepções de ensino de uma língua e a experiências escolares.
Abstract In conjunction to Cultural Studies in Education, to the Deaf Studies and to Linguistics, it is sought, in this thesis, to answer the problem of search: how has the Portuguese language teaching for deaf been produced in bilingual education contexts in Rio Grande do Sul? For this, the objective is to: a) describe and discuss bilingual education in deaf schools in Rio Grande do Sul; b) investigate and analyze discursive practices of Portuguese teaching for deaf in bilingual education contexts. When operating with theoretical and methodological tools of Foucault's discourse analysis, the data of this research were produced in stages: 1) visits for presentation to eight (8) schools participating in the survey, including conversations with members of the school management and teacher teams (with routing ethical procedures); 2) research on school documents: School Rules, Political and Pedagogical Plans and the curricular component of Portuguese Studies; 3) in-person interviews with twelve (12) Portuguese-speaking teachers for deaf; 4) conversation circles with participant teachers of the research. In an analysis of cultural artifacts it indicates that, given the failures of deaf students in special or regular schools and the consequent resistance to ineffective oral and bimodal teaching methods, it is necessary to fight for another conduction mode: a bilingual education, which is being built on deaf schools. In the composition of the corpus of this research, undertaken research makes it possible to conclude that a bilingual education for deaf is mainly woven in academic, political and discursive practices being the 'discourse of bilingual education' produced by statements of different discursive fields, which give true status. In defense of the capability of a bilingual education for the deaf, centered on education and access to the world of Sign Language, in contact with artifacts of deaf culture and the encounter with different deaf, the school context research also points obstacles and challenges, particularly language - cultural (use and status of languages in contact), socioeconomic (family participation and investment in school) and political-pedagogical (penetrations of the sponsors, concepts that permeate the education for the deaf, teacher training and educational proposals for teachers). These unique school settings, daily (re)invented stands the Portuguese language teaching, and its importance is attributed to social interaction for the deaf in the country, and these, as students, have signaled greater interest in learning it. In this thesis, the Portuguese language in the written form is understood as an additional language to Sign Language, so that, in pedagogical and discursive practices, it is given relevance for language education and literacy in deaf Portuguese. In these educational processes, they suggest curriculum changes; also show the necessary advances in the production of teaching resources and dialogue with theoretical support and methodological strategies. In addition, the look at the school discursive practices allows to conclude that the Portuguese language teaching is articulated to representations about the deaf subject, the teaching concepts of language and school experiences.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/149088
Arquivos Descrição Formato
001004823.pdf (6.069Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.