Repositório Digital

A- A A+

Comunidade virtual de prática na perspectiva da inclusão escolar : o perfil, os discursos e as práticas de educadores no exercício da cultura da participação

.

Comunidade virtual de prática na perspectiva da inclusão escolar : o perfil, os discursos e as práticas de educadores no exercício da cultura da participação

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Comunidade virtual de prática na perspectiva da inclusão escolar : o perfil, os discursos e as práticas de educadores no exercício da cultura da participação
Autor Schneider, Fernanda Chagas
Orientador Santarosa, Lucila Maria Costi
Co-orientador Reategui, Eliseo Berni
Data 2016
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Centro de Estudos Interdisciplinares em Novas Tecnologias da Educação. Programa de Pós-Graduação em Informática na Educação.
Assunto Comunidade virtual
Educação especial
Educação não-formal
Inclusão escolar
[en] Inclusive education
[en] Non-formal education
[en] Virtual community of practice
Resumo A presente tese tem como objetivo conhecer o perfil dos participantes de uma comunidade de prática na perspectiva da educação inclusiva e compreender os discursos e as práticas que podem ser tecidas por eles. Esta investigação surge ao observar que o cenário educacional brasileiro sofreu recentes modificações ao implementar a Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva, o qual passou a situar alunos com deficiência também como público a ser abarcado pelo sistema regular de ensino. Dessa forma, tornou-se imperativo que os professores atuantes na rede educacional sejam capazes de contemplar a diversidade humana em suas práticas pedagógicas. Para que isso ocorra, a legislação vigente prevê a oferta de cursos de formação que capacitem os docentes frente à temática inclusiva. No entanto, ao observar-se a latente impossibilidade de as ações formais atenderem as demandas geradas por todo um coletivo de professores oriundos de diferentes regiões do país, passou-se a buscar alternativas que pudessem apoiar a construção de conhecimentos de tais docentes. Nessa procura, encontrou-se nas comunidades virtuais de prática um importante conceito a ser investigado. Baseadas em ferramentas originadas sob a lógica da participação e colaboração geradas a partir da efetivação da WEB 2.0, tais comunidades promovem a reunião virtual de pessoas que compartilham interesses mútuos, podendo, assim, revelar-se como um espaço que fomente a troca de recursos e experiências entre pares. Da identificação de suas potencialidades, instituiu-se a comunidade virtual de prática Inclusão na Educação - CPIE, ambiente implementado a partir da solução Ning Mode Midia 3.0, que angariou mais de 320 membros oriundos de todo o país. Os dados obtidos, observados a partir da metodologia de análise textual discursiva, demonstraram que o perfil do professor que aceita fazer parte de uma iniciativa como a que foi proposta, é aquele que já detém certos conhecimentos sobre o domínio delimitado e que, reconhecendo a sua importância, passa a buscar novas oportunidades de construir conhecimentos acerca do tema. Os resultados ainda indicam que iniciativas como a CPIE, podem adquirir uma conotação mais ligada à suplementação da formação docente, onde práticas desencadeadas a partir dos eixos de comunicação ou de resolução de problemas contribuem para que professores notadamente experientes sigam em contato, colaborando uns com os outros na busca pela construção de conhecimentos que subsidiem suas ações pedagógicas.
Abstract This thesis aims to know the profile of participants in a community of practice, in the context of inclusive education, and understand the discourses and uses that can be forged by them. This research emerged from the observation that Brazilian educational scenario has undergone recent changes to implement the National Policy for Special Education in the Perspective of Inclusive Education, which has situated students with disabilities as a public to be placed in the regular education system. Thus, it has become imperative that teachers working in the educational network are able to contemplate human diversity in their teaching practices. For this to occur, the current legislation states the provision of training courses that enable teachers to address inclusive education topics. However, observing the potential impossibility that formal actions can meet the demands generated by the collective of teachers from different regions of the country, we have started to look for alternatives that could support the construction of knowledge for those teachers. In this search, we have found in virtual communities of practice an important concept to be investigated. Based on tools originated under the logic of participation and collaboration, arising from development of Web 2.0, these communities promote the gathering of people who share the same interests and they can act as environments that foster the exchange of resources and experiences among peers. Identifying their potential, we have developed a virtual community of practice called Inclusion in Education - SCRS, implemented with Ning Mode Media 3.0 solution, which has congregated more than 320 members from all over the country. The data obtained, evaluated under the methodology of discourse textual analysis, have shown that teachers that accept to take part in initiatives as the one we have proposed, already have some knowledge about the delimited area, recognize its importance and seek for new opportunities to build knowledge on the subject. The results also indicated that initiatives such as SCRS can act as a supplement to teacher education, where practices triggered from communication axes or problem solving contribute to keep trained and experienced teachers in contact, collaborating with each other in the quest for knowledge that can support their educational activities.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/149117
Arquivos Descrição Formato
001004737.pdf (6.862Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.