Repositório Digital

A- A A+

Coletores de samambaia-preta e a questão ambiental : estudo antropológico na área dos Fundos da Solidão, município de Maquiné, Encosta Atlântica no Rio Grande do Sul

.

Coletores de samambaia-preta e a questão ambiental : estudo antropológico na área dos Fundos da Solidão, município de Maquiné, Encosta Atlântica no Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Coletores de samambaia-preta e a questão ambiental : estudo antropológico na área dos Fundos da Solidão, município de Maquiné, Encosta Atlântica no Rio Grande do Sul
Autor Kubo, Rumi Regina
Orientador Eckert, Cornelia
Data 2005
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social.
Assunto Antropologia social
Conflito ambiental
Cotidiano
Desenvolvimento sustentável
Economia familiar
Extrativismo vegetal
Identidade social
Maquiné (RS)
Mata atlântica
Reserva ecologica
[en] Atlantic rainforest
[en] Environmental conflict
[en] Extractivism
[en] Identity
[en] Know-how
Resumo Este trabalho consiste em um estudo antropológico sobre os moradores dos Fundos da Solidão, uma localidade do município de Maquiné, RS. Essa área encontra-se dentro dos limites da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica e sua identidade e condições de existência são tensionadas pela prática de uma atividade específica: a coleta de samambaia-preta - que sofre restrições sob ponto de vista da legislação ambiental. Caracteriza-se assim, um grupo social, envolto por um problema que tem conotação ambiental. Reconhecendo o caráter polissêmico do termo ambiental, parte-se do pressuposto de que esse grupo, encontra-se atravessado por ditames gestados por um campo circunscrito como ambiental. Tais ditames, tendo abrangência ampla, atingem esferas sociais diversas, e diante de situações locais específicas, como no caso deste grupo, apresentam-se na forma de conflito e dilemas que evidenciam modos de vida diferenciados e submetidos às condições assimétricas constitutivas da sociedade, transfigurando-se como um problema social. O recorte e a abordagem ocorrem, portanto, sob o horizonte de uma prática especifica, a extração de samambaia-preta, a partir da qual, buscou-se o desvendamento de seu universo social. Nesse percurso, não se buscou apenas, resgatar as práticas sócio-culturais desses extrativistas frente a um processo que tende à sua exclusão social, mas procurou-se uma aproximação a estes sujeitos “em processo” que percebem determinadas mudanças em seu meio ecológico e sócio-político, e que frente às intimações de seu tempo, constituem um devir, através da luta pela permanência de determinadas práticas locais, a adesão a outras práticas sociais e aliança com novos mediadores e interlocutores, tudo isto, num clima de constante conflito e re-acomodações.
Abstract This work is an anthropological study on the inhabitants of Fundos da Solidão, locality of the city of Maquiné (Brazil), whose territory are inside of the limits of the Reserva da Biosfera da Mata Atlantica and its identity and life conditions are pressured by the practical one of a specific activity: the Samambaia-preta harvest. This activity is prohibited under point of view of the current forest legislation. We have thus, a social group crossed for environmental questions. Such questions reach diverse social spheres, and in contact with specific local situations, as in the case of this group, results in the conflict form. The clipping and boarding of this group occur, therefore, under the horizon of practical one specify, the Samambaiapreta harvest, from which, your social universe are disclosed. In this situation, one does not only search, to rescue cultural pratices of the these harvesters in front to a process that tends to its social exclusion, but to search an approach to these citizens "in process" that they perceive changes in course in its ecological and social context. In this way, they constitute your future, either through the fight for the permanence of determined local practices and knowledges, the adhesion to social practical others and alliance with new mediators and interlocutors, everything this, in a conflict condition and re-adaptations.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/14998
Arquivos Descrição Formato
000674155.pdf (7.967Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.