Repositório Digital

A- A A+

O estágio supervisionado na formação de professores de educação física : saberes e práticas dos estudantes-estagiários

.

O estágio supervisionado na formação de professores de educação física : saberes e práticas dos estudantes-estagiários

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O estágio supervisionado na formação de professores de educação física : saberes e práticas dos estudantes-estagiários
Autor Isse, Silvane Fensterseifer
Orientador Molina Neto, Vicente
Data 2016
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano.
Assunto Educação física
Estágio supervisionado
Formação de professores
[en] Physical education
[en] Supervised internship
[en] Teachers education
Resumo O estágio curricular supervisionado teve seu reconhecimento ampliado na legislação de ensino brasileira, especialmente após a publicação da Lei de Diretrizes e Bases da Educação 9.394/96, pois tem se mostrado um dos elementos centrais na formação de professores. Ao mesmo tempo em que ganha o reconhecimento legal, amplia-se a necessidade de que sejam feitas reflexões aprofundadas sobre a forma como as experiências do estágio têm sido vividas por estudantes e professores dos cursos de formação. O problema de pesquisa deste estudo é: Como os saberes são mobilizados por estudantes de um curso de Licenciatura em Educação Física em suas práticas docentes durante o estágio supervisionado no Ensino Médio? Foram adotados os princípios metodológicos da pesquisa qualitativa. A pesquisa foi realizada com nove estudantes-estagiários de um curso de licenciatura em Educação Física de uma instituição comunitária de ensino superior do interior do Rio Grande do Sul. A produção das informações se deu através de entrevistas narrativas, observações, análise do projeto pedagógico do curso e grupo de discussão. O processo analítico se deu através da triangulação entre as fontes do campo, as fontes teóricas e as interpretações da autora. Os resultados da pesquisa evidenciaram que os participantes reconhecem a relevância do estágio na sua formação profissional e consideram-no tempo e espaço de muitas aprendizagens, e, ainda, que essa experiência poderia ter seu espaço ampliado no currículo do curso. Entendem que o estágio contribui para que o início de carreira seja menos impactante, para que aprendam a movimentar-se na estrutura e na cultura escolar, construam relações humanas e ocupem a posição de professor com autoridade epistemológica. Em relação aos saberes necessários para ensinar, que se constituem, ao mesmo tempo, em aprendizagens advindas com o estágio, os participantes referiram a capacidade de escuta, mediação, negociação, diálogo e acolhimento; o posicionamento como sujeito de autoridade, integrante de um coletivo que compartilha, planeja e aprende junto; o conhecimento sobre os conteúdos da Educação Física e sua trajetória histórica; a elaboração e execução do planejamento de ensino e o conhecimento sobre o contexto escolar, a vida de professor e a vida na escola. Em relação às questões da formação, os participantes referiram que as disciplinas do curso ofereceram um importante suporte para o planejamento do estágio; que as atividades realizadas em escolas básicas, tanto no estágio como em outras situações acadêmicas, foram indispensáveis para compreender melhor o trabalho e a escola; que a formação para a pesquisa contribuiu para sua autonomia e que o estágio contribuiu para a ampliação do debate em sala de aula. As relações entre teoria e prática se mostraram uma questão ainda pouco compreendida pelos estudantes, que, de certa forma, desqualificam as disciplinas compreendidas como teóricas. Os estudantes entendem que as relações entre universidade e escola precisam ser intensificadas, no sentido de constituirmos uma formação mais integrada. A pesquisa evidenciou que há um desejo dos estagiários de, através do investimento em um bom ensino da Educação Física e da ampliação de seus conteúdos na escola, contribuir para seu reconhecimento enquanto componente curricular da Educação Básica.
Abstract The supervised curricular internship has had its recognition extended within the Brazilian educational legislation, especially after the edition of the Law 9.394/96, which establishes the guidelines for the national education, because it plays a key role in the teacher’s formation process. At the time it gains legal recognition, it increases the need for in-depth reflections on how the internship experiences have been experienced by students and teacher throughout the formation courses. The issue studied in the present work was how the different knowledges are mobilized by the students of a Bachelor’s Degree in Physical Education in their teaching practices during the supervised internship in high school? The methodological principles of the qualitative research have been used. The study has been carried out with nine students/interns of a Bachelor’s Degree in Physical Education from a community institution located in the countryside of Rio Grande do Sul. The data was produced through interviews, observations, analysis of course pedagogical projects and group discussions. The analytical process performed a triangulation of the field sources, theoretical sources and author interpretations. The results showed that the participants recognized the importance of the internship in their professional formation process and considered it a time and a place for many learnings, and also that this experience could be extended in the couse curriculum. They understand that the internship helped them to reduce the difficulties faced in the beginning of the professional practice, learn how to move within the school structure, build human relations and occupy the position of teacher and authority. Regarding the knowledge required to teach, considering at the same time the outcome of the internship experience, the participants mentioned the capacity of listening, mediation, negotiation, dialogue and acceptance; the position of a subject of authority, a member of a collective that share, plan and learn together; the knowledge of the Physical Education contents and its historical path; the preparation and implementation of the learning plan and the knowledge of the school context, the teacher's life and the school life. Regarding the formation issues, the participants mention that the course disciplines offer an important support for the planning of the internship; the activities carried out in basic schools, either in the internship or in other academic situations were indispensable for a better understanding of the work and the school; the preparation for the research contributed to develop their autonomy and the internship contributed to broaden the debate in the classroom. The relation between theory and practice stood as an issue still poorly understood by students, that in some way disqualify the subjects understood as theoretical. The students understand that the relations between university and school need to be intensified in the sense of achieving an more integrated formation. The study showed that there is a desire of interns, through investing in a good PE teaching and expanding its contents in school, to contribute to its recognition as a curricular component of the Basic Education.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/151414
Arquivos Descrição Formato
001012168.pdf (1.534Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.