Repositório Digital

A- A A+

Análise de parâmetros cognitivos, qualidade de vida, nível de atividade física, perfil neuromuscular e desempenho de testes funcionais entre pacientes que realizam hemodiálise e um grupo de controle

.

Análise de parâmetros cognitivos, qualidade de vida, nível de atividade física, perfil neuromuscular e desempenho de testes funcionais entre pacientes que realizam hemodiálise e um grupo de controle

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Análise de parâmetros cognitivos, qualidade de vida, nível de atividade física, perfil neuromuscular e desempenho de testes funcionais entre pacientes que realizam hemodiálise e um grupo de controle
Autor Ferrareze, Matheus Elias
Orientador Dias, Alexandre Simões
Data 2016
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano.
Assunto Atividade física
Doença renal crônica
Hemodiálise
Qualidade de vida
[en] Chronic Kidney Disease
[en] Cognitive Parameter
[en] Dialysis
[en] Functional Performance
[en] Neuromuscular parameters
[en] Physical Activity Level
[en] Quality of Life
Resumo A doença renal crônica (DRC) consiste na perda progressiva e irreversível da função dos rins. No seu estágio mais avançado, a perda da função renal é maior que 85%, sendo necessário o início de algum tipo de terapia renal substitutiva, onde a hemodiálise (HD) é a mais comum. As características do tratamento dialítico tendem a favorecer uma série de fatores negativos, como desnutrição e fraqueza muscular, que apresentam forte associação com a diminuição da independência funcional. Neste sentido, este trabalho apresenta como objetivo geral: Avaliar as características de qualidade de vida, nível cognitivo e parâmetros neuromusculares e funcionais de doentes renais crônicos que realizam hemodiálise, comparados a um grupo controle; E os seguintes objetivos específicos: 1) Quantificar e comparar as diferentes dimensões de qualidade de vida e o nível cognitivo de pacientes que realizam hemodiálise com um grupo controle; 2) Quantificar e comparar o tempo prémotor (TPM), o tempo motor (TM) e o tempo de reação total (TRT) dos extensores de joelho durante uma contração isométrica voluntária máxima em pacientes que realizam hemodiálise com um grupo controle; 3) Quantificar e comparar o desempenho nos testes funcionais TC6’ e TSL30” em pacientes que realizam hemodiálise com um grupo controle; 4) Verificar a associação do perfil cognitivo com o TPM, TM, TRT e com o desempenho no TC6’ e no TSL30” nos pacientes que realizam hemodiálise e no grupo controle; 5) Verificar a associação das diferentes dimensões da qualidade de vida com o TPM, TM, TRT e com o desempenho no TC6’ e no TSL30” nos pacientes que realizam hemodiálise e no grupo controle. Participaram da pesquisa 19 pacientes com DRC que realizavam hemodiálise e 19 sujeitos controle, pareados por idade e características antropométricas. Na expectativa de responder aos objetivos, foram avaliadas as seguintes variáveis: 1) Perfil bioquímico dos pacientes; 2) Qualidade de vida; 3) Função cognitiva; 4) Nível de atividade física; 5) Força dos extensores do joelho; 6) TPM, TM e TRT dos extensores do joelho; 7) Desempenho nos testes funcionais TC6’ e TSL30”. Os resultados do presente estudo demonstraram que os pacientes com DRC que realizam HD, quando comparados ao grupo controle apresentam: 1) pior qualidade de vida nas dimensões funcionamento físico, função física, dor, saúde geral, função emocional, energia/fadiga, composição física e composição mental; 2) menor nível cognitivo; 3) menor nível de atividade física; 4) maior tempo sentado durante a semana e o final de semana; 5) menor capacidade de força máxima dos extensores de joelho; 6) maior TPM, TM e TRT dos extensores de joelho; 7) menores distâncias percorridas no TC6’; 8) pior desempenho no TSL30”. E ainda, foi observado que piores níveis cognitivos podem influenciar nos TPMs, TMs e TRTs de doentes renais crônicos que realizam hemodiálise. Neste sentido, tais resultados poderão auxiliar médicos, fisioterapeutas e professores de educação física na prescrição do treinamento voltado para cada uma das propriedades estudadas, uma vez que nosso estudo parece ser um dos primeiros a avaliar de forma sistemática e associada questões cognitivas, de qualidade de vida, nível de atividade física, além de parâmetros neuromusculares e desempenho funcional em doentes renais crônicos.
Abstract Chronic kidney disease (CKD) is the progressive and irreversible loss of kidney function. In its most advanced stage of renal function loss is greater than 85%, the onset of some form of renal replacement therapy is required, being the most common hemodialysis (HD). The dialysis treatment characteristics tend to favor a number of negative factors such as malnutrition and muscle weakness, which have strong association with decreased functional independence. In this sense, this work presents the general objective: To evaluate the quality of life, cognitive level and neuromuscular and functional parameters of chronic renal failure patients on HD, as compared to a control group; And the following specific objectives: 1) To quantify and compare the different dimensions of quality of life and cognitive level of patients on HD with a control group; 2) To quantify and compare the premotor time (TPM), the motor time (TM) and the total reaction time (TRT) of knee extensors during a maximal voluntary isometric contraction in patients on HD with a control group; 3) To quantify and compare the performance in functional tests TC6’ and TSL30" in patients on HD with a control group; 4) Check the association of cognitive profile with the TPM, TM, TRT and the performance in the TC6’ and TSL30" in patients on HD and in the control group; 5) Check the combination of the different dimensions of quality of life with the TPM, TM, TRT and the performance in the TC6’ and TSL30" in patients on HD and in the control group. The participants were 19 patients with CKD who underwent HD and 19 control subjects, matched for age and anthropometric characteristics. To respond the goal of this research, the following variables were evaluated: 1) Biochemical profile of patients; 2) Quality of life; 3) cognitive function; 4) Physical activity level; 5) strength of the knee extensors; 6) TPM, TM and TRT of the knee extensors; 7) Performance in functional tests TC6’ and TSL30". The results of this study demonstrated that patients with CKD who perform HD, compared to the control group are: 1) poor quality of life in the dimensions physical functioning, physical role, bodily pain, general health, emotional function, energy / fatigue, physical composition and mental composition; 2) lower cognitive level; 3) lower level of physical activity; 4) more time sitting during the week and the weekend; 5) lower capacity of maximum strength of the knee extensors; 6) higher TPM, TM and TRTs extensor knee; 7) smaller distances in the TC6’; 8) worst performance in TSL30". And yet, it was observed that the worst cognitive levels can influence the TPMs, TMs and TRTs of chronic renal failure patients on HD. In this sense, these results may help physicians, physical therapists and physical education teachers in the training prescription facing each of the studied properties, since our study appears to be one of the first to evaluate systematically and associated cognitive issues, quality of life, physical activity, and neuromuscular parameters and functional performance in chronic renal failure patients.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/153345
Arquivos Descrição Formato
001014133.pdf (2.010Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.