Repositório Digital

A- A A+

Reconhecimento e diferenciação nos caminhos da integração : a identidade judaica nas colônias agrícolas da Jewish Colonization Association - Quatro Irmãos e Moisés Ville (1890-1930)

.

Reconhecimento e diferenciação nos caminhos da integração : a identidade judaica nas colônias agrícolas da Jewish Colonization Association - Quatro Irmãos e Moisés Ville (1890-1930)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Reconhecimento e diferenciação nos caminhos da integração : a identidade judaica nas colônias agrícolas da Jewish Colonization Association - Quatro Irmãos e Moisés Ville (1890-1930)
Autor Barboza, Tatiana Machado
Orientador Wasserman, Claudia
Data 2008
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em História.
Assunto Argentina
Colônia agrícola
Estado nacional
Grupo social
Identidade cultural
Identidade judaica
Identificação social
Imigrantes judeus
Integração social
Jewish Colonization Association.
Judaísmo
Moisés Ville (Argentina)
Pertencimento
Quatro Irmãos (RS)
Rio Grande do Sul
Resumo Esta dissertação propõe uma análise sobre a identidade judaica nas colônias agrícolas empreendidas pela Jewish Colonization Association (ICA), especificamente Quatro Irmãos (Brasil) e Moisés Ville (Argentina), no período entre 1890 e 1930, período de construção e consolidação de Estados Nacionais, onde a entrada de imigrantes estava intimamente relacionada às idéias sobre o futuro das nações. O objetivo central desse estudo é discutir de que forma o sentimento de pertencer a uma coletividade judaica pôde estabelecer vínculos com uma identidade regional, num período em que o processo de construção da nação estava se consolidando e perpassando as demais formas de identificação social do sujeito, passando por questões como a afirmação da identidade cultural judaica pré-migratória, o conflito identitário entre a sociedade pré-migratória e a sociedade receptora e a adoção parcial de uma identidade local (regional). A hipótese central deste trabalho é de que as condições de assimilação, e portanto de construção de uma nova identidade, variam de acordo com as condições concretas de formação e existência destas colônias. A formação destas colônias, por sua vez, envolvia a constituição de dois espaços diferenciados: o espaço concreto, vivido cotidianamente, ou seja, a colônia e sua estrutura de preservação da identidade judaica, e a sociedade de instalação destas colônias, um espaço diferenciado onde era preciso integrarse/ adaptar-se. Partindo de um estudo comparativo, defendo a idéia de que a constituição das colônias da ICA, considerando as formas por estas assumidas, e considerando as sociedades receptoras, permitiram a construção de uma nova identidade, sem que isto implicasse numa renúncia ao judaísmo diante da integração.
Abstract This dissertation proposes an analysis about the Jewish identity in the agricultural colonies carried by the Jewish Colonization Association (ICA), specifically Quatro Irmãos (Brazil) and Moises Ville (Argentine), in the period between 1890 and 1930, period of National Estates building and consolidation, when the immigrants entrance was closely related to the ideas about the nations’ future. The main objective of this study is to discuss which way the Jewish collectivity belong feeling could establish links with a regional identity, in a period when the nations building process was consolidating and arising together with the other individual social identification ways, going through questions as the pre-migratory Jewish cultural identity consolidation, the identifiably conflict between the pre-migratory society and the host society and the partial adoption of a local identity (regional). This work central hypothesis is that the assimilation conditions, and so the building of a new identity vary according the concrete formation and being conditions of these colonies. The formation of these colonies, by itself, involves the constitution of two different spaces: the concrete space, daily lived, or, the colony and its Jewish identity preservation structure, and these colonies host society, a different space where adaptation/integration was required. From a comparative study, defending the idea that the ICA colonies constitution, considering the form they assumed, and considering the host societies, allowed the building of a new identity, without implying in a refuse to the Jewishly in the presence of the integration.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/15556
Arquivos Descrição Formato
000678970.pdf (839.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.