Repositório Digital

A- A A+

Avaliação de corante fluorescente em helmintos e protozoários diagnosticados por flutuação simples

.

Avaliação de corante fluorescente em helmintos e protozoários diagnosticados por flutuação simples

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação de corante fluorescente em helmintos e protozoários diagnosticados por flutuação simples
Autor Glasenapp, Raquel
Orientador Stefani, Valter
Co-orientador Marques, Sandra Márcia Tietz
Data 2016
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Curso de Medicina Veterinária.
Assunto Benzazóis
Biomarcadores
Corante fluorescente
Parasitologia veterinária
Parasitos
[en] Benzazoles
[en] Biomarkers
[en] Fluorescent dye
[en] Parasites
Resumo Corantes benzazólicos apresentam intensa emissão de fluorescência, além de estabilidade térmica e fotoquímica, tornando-os ideais para uso como marcadores biológicos, podendo ser usados para estudos morfológicos e estruturais de fungos e parasitos. São considerados, porém, limitados devido a baixa solubilidade em meio aquoso. O presente trabalho apresenta uma nova aplicação para um corante fluorescente denominado ácido 4- hidroxi-3- (6-metilbenzo[d]oxazol-2-il) benzenosulfónico (HB-9), recentemente descrito na literatura, que possui aumentada a solubilidade em água e a reatividade com biomoléculas devido a presença de radicais hidrofílicos em sua estrutura. Objetivou-se portanto testar o uso deste corante em ovos de helmintos e oocistos de protozoários observados sob diferentes filtros e diagnosticados pela técnica de flutuação simples (método de Willis-Mollay), sob microscopia óptica. As amostras positivas foram observadas em microscopia de epifluorescência. Ovos de Acuaria spiralis, Capillaria spp., Bertiella spp. e oocistos de Eimeria spp. apresentaram fluorescência quando visualizados sob diferentes filtros. Ovos de Strongyloidea e Strongyloides papillosus não foram visíveis sob microscopia de fluorescência. Com base nestes resultados, o corante fluorescente HB-9 mostrou-se uma opção potencialmente interessante na marcação de ovos e oocistos de parasitos, podendo ser futuramente utilizado em técnicas de rotina.
Abstract Benzazolic dyes present intense fluorescence emission, in addition to thermal and photochemical stability, making them ideal for use as biological markers, and can be used for morphological and structural studies of fungi and parasites. However, they are considered limited because of their low solubility in aqueous environment. The present study shows a new application for a fluorescent dye called 4-hydroxy-3-(6-methylbenzo[d]oxazol-2-yl) benzenesulfonic acid (HB-9), recently described in the literature, which has increased solubility in water and reactivity with biomolecules due to the presence of hydrophilic radicals in their structure. The objective was to test the use of this dye in helminth eggs and protozoan oocysts observed under different filters and diagnosed by the simple flotation technique (Willis-Mollay method), under optical microscopy. The positive samples were observed under epifluorescence microscopy. Eggs of Acuaria spiralis, Capillaria spp., Bertiella spp. and Eimeria spp. oocysts presented fluorescence when viewed under different filters. Eggs of Strongyloidea and Strongyloides papillosus were not visible under fluorescence microscopy. Based on these results, the fluorescent dye HB-9 was shown to be a potentially interesting option in the marking of parasites eggs and oocysts, and could be used hereafter in routine techniques.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/156617
Arquivos Descrição Formato
001014137.pdf (296.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.