Repositório Digital

A- A A+

Prática de ensino em educação matemática : a constituição das práticas pedagógicas de futuros professores de matemática

.

Prática de ensino em educação matemática : a constituição das práticas pedagógicas de futuros professores de matemática

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Prática de ensino em educação matemática : a constituição das práticas pedagógicas de futuros professores de matemática
Autor Lenzi, Giovana da Silva
Orientador López Bello, Samuel Edmundo
Data 2007
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Ensino
Formação
Matemática
Professor
[en] Education
[en] Knowledge
[en] Mathematics
[en] Pedagogical practice
[en] Speech
[en] Subject
[en] Supervised probation
[en] Teacher
Resumo O presente trabalho emerge de um conjunto de experiências com as quais defrontei-me nos anos de 2004 e 2005 ao orientar e supervisionar estagiários, licenciandos do curso de Licenciatura em Matemática da UFRGS, ao realizarem suas docências, por ocasião das Práticas de Ensino em Matemática, nas escolas de educação básica. Na experiência da orientação desses jovens, percebi que alguns estagiários encontravam dificuldade para planejar e executar suas práticas pedagógicas e essa percepção motivou a pesquisa que ora apresento. A pesquisa encaminhou-se na perspectiva das investigações qualitativas de viés pós-estruturalista e buscou mecanismos instalados na Universidade e na Escola que pudessem regular a fabricação e a execução das práticas pedagógicas planejadas pelos licenciandos. Com a intenção de investigar tais mecanismos, acompanhei um grupo de seis estagiários, matriculados na disciplina de Prática de Ensino em Matemática II no segundo semestre de 2006, enquanto estavam na Universidade - organizando e discutindo seus planejamentos de ensino com o professor orientador de estágio - e em suas inserções numa escola da rede estadual de ensino de Porto Alegre, onde ministraram as aulas que haviam planejado. A investigação aponta que as práticas pedagógicas produzidas pelos licenciandos, nessa etapa de suas vidas, são constituídas por discursos, produzidos a partir de saberes e experiências vivenciados por eles. Nesse sentido, mostro que os discursos, ao produzirem práticas sociais, também produzem subjetividades e que os saberes, aos quais os licenciandos foram expostos na escola ou na universidade, possibilitaram que os mesmos trouxessem para si experiências. Os relatos dos licenciandos apontaram experiências, saberes, discursos, como constituidores de suas subjetividades regulando suas ações na escola. Ao concluir esta pesquisa, questiono a possibilidade de fugirmos aos assujeitamentos, apostando na constituição de sujeitos professores singulares, regulados por si mesmos, não aprisionados a identidades previsíveis.
Abstract The present work has stemmed from a set of experiences with which I was faced in 2004 and 2005, while guiding and supervising trainees from the Teaching Course in Mathematics at UFRGS. Those trainees were exercising their skills in Teaching Practice in Mathematics in elementary schools. While guiding those youngsters, I realized that some of them found it difficult to plan and carry out their pedagogical practices, and that perception motivated the present research. This research has been carried out from the perspective of qualitative investigations, as those following a post-structuralist view. It has sought for mechanisms installed both at the university and at school that might regulate the production and execution of pedagogical practices planned by trainees. Aiming at investigating such mechanisms, I have followed a group of six trainees enrolled in the discipline of Teaching Practice in Mathematics II in the second term in 2006, while they were at the university organizing and discussing their teaching plans with the professor in charge of the training, and also in their insertions in a state public school in Porto Alegre, where they taught the classes they had planned. The investigation has pointed out that the pedagogical practices produced by trainees during that stage of their lives are constituted of discourses which are produced from knowledges and experiences they have had. In this sense, I have shown that discourses, on producing social practices, also produce subjectivities, and that knowledges, to which the trainees were exposed both at school and at the university, have enabled them to bring experiences to their lives. The trainees’ reports have brought about experiences, knowledges, discourses as constituting their subjectivities, regulating their actions at school. On finishing this research, I question the possibility of escaping from subjectivations, betting on the constitution of unique teacher subjects, regulated by themselves, non-attached to predictable identities.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/15664
Arquivos Descrição Formato
000687337.pdf (818.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.