Repositório Digital

A- A A+

Iniciação ao ensino do projeto arquitetônico : paradigmas e reducionismos

.

Iniciação ao ensino do projeto arquitetônico : paradigmas e reducionismos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Iniciação ao ensino do projeto arquitetônico : paradigmas e reducionismos
Autor Maciel, Angela Becker
Orientador Oliveira, Rogerio de Castro
Data 2009
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Arquitetura. Programa de Pesquisa e Pós-Graduação em Arquitetura.
Assunto Ensino da arquitetura : Didatica
Projeto arquitetonico : Ensino
Resumo Esta tese discute pressupostos teóricos subjacentes a procedimentos didáticos usualmente tidos como adequados às práticas pedagógicas adotadas nas disciplinas de iniciação ao projeto nas escolas de arquitetura. Por extensão, examina a própria noção de iniciação ao fazer arquitetônico como parte de contextos paradigmáticos que permanecem implícitos para professores e alunos, evidenciando com freqüência descontinuidades e contradições desvinculadas do conhecimento projetual. Essa situação introduz na relação de ensino-aprendizagem um descompasso entre objetivos didáticos e referenciais teóricos, colocando em segundo plano a compreensão que o aluno vai construindo do que seja a atividade projetual. A investigação dos quadros paradigmáticos que se mesclam na iniciação ao projeto se apóia na leitura de livros-texto que comumente consubstanciam as atividades efetuadas nessas disciplinas introdutórias, identificados pela recorrência com que comparecem nas relações bibliográficas dos programas de ensino. A análise crítica do conteúdo desses manuais fornece as evidências que permitem discutir, no plano hermenêutico, a maior ou menor adequação do que comumente se entende por iniciação à prática do projeto arquitetônico, num esforço de clarificação que constitui o próprio contexto de justificação da tese.
Abstract This present theses discusses theoretical presuppositions underlying didactic procedures usually regarded as adequate to the pedagogical practice adopted in project initiation courses in architecture schools. By extension, it examines the very notion of initiation to architectural practice as part of the paradigmatic contexts that remain implicit to teachers and students often evidencing discontinuities and contradictions disconnected from the projectual knowledge. This situation brings about a mismatch between didactic objectives and theoretical referential in the teaching-learning relation and leaves aside the comprehension the student is construing as projectual activity. The research of the paradigmatic framework interweaving in the project initiation lies on text-books that commonly consubstantiate the activities performed in these introductory courses. The critical content analysis of these manuals provides evidence points that allow the discussion, on the hermeneutical level, of the greater or smaller adequacy of what is usually understood by initiation to architectural project. This effort of clarification constitutes the very justification context of the dissertation.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/15857
Arquivos Descrição Formato
000688318.pdf (12.95Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.