Repositório Digital

A- A A+

Práticas dos terapeutas familiares brasileiros : a perspectiva da abordagem bioecológica do desenvolvimento humano

.

Práticas dos terapeutas familiares brasileiros : a perspectiva da abordagem bioecológica do desenvolvimento humano

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Práticas dos terapeutas familiares brasileiros : a perspectiva da abordagem bioecológica do desenvolvimento humano
Autor Prati, Laíssa Eschiletti
Orientador Koller, Silvia Helena
Data 2009
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Curso de Pós-Graduação em Psicologia.
Assunto Desenvolvimento humano : Psicologia
Psicologia : Teoria : Sistemas
Psicoterapeuta
Psicoterapia familiar
psicoterapia familiar profissional
[en] Bioecologic approach
[en] Family therapy
[en] Human development
[en] Relation between theory and practice
Resumo O presente trabalho investigou as práticas dos terapeutas familiares brasileiros sob a perspectiva da Abordagem Bioecológica do Desenvolvimento Humano. Três estudos acessaram diferentes níveis do contexto ecológico da terapia familiar. O Estudo I, através de um questionário semi-estruturado aplicado a 57 formadores de terapeutas familiares, identificou os referenciais teóricos disponíveis aos profissionais para a clínica e formação. Os resultados foram submetidos a análises estatísticas descritivas e fatoriais de correspondência múltipla. O Estudo II explorou como os resultados do Estudo I influenciam as práticas adotadas pelos profissionais brasileiros. Trezentos e oito terapeutas familiares responderam a um questionário estruturado disponibilizado na internet através de links individuais. As respostas foram submetidas a análises estatísticas descritivas, fatoriais, de variância e correlacionais. O Estudo III detalhou a prática clínica de oito terapeutas de família de Porto Alegre, através de grupos focais. Nos encontros, discutiu-se um caso clínico que foi submetido à analise de conteúdo. Os resultados indicam que a configuração teórica da terapia familiar brasileira sem uma abordagem prevalente começa a ser definida pelos formadores. Há a proposta de integrar modelos e compor uma prática multi-teórica na qual o estilo pessoal é respeitado. Foram identificadas duas tendências nas práticas dos formadores: aqueles que utilizam autores mais tradicionais e aqueles que adotam posturas mais pós-modernas, coerentemente na clínica e na formação. Além disso, observou-se distribuição regionalizada, com o Sul concentrando maior foco tradicional e o Sudeste mais pós-moderno. Apesar de algumas diferenças, os terapeutas familiares brasileiros apresentam uma tendência a integrar modelos teóricos, estando mais atentos às técnicas utilizadas do que às premissas conceituais propriamente ditas. Uma análise mais cuidadosa na dinâmica teórica durante os atendimentos sugere que os terapeutas tendem a utilizar autores mais tradicionais no diagnóstico do funcionamento familiar e abordagens mais pósmodernas na definição da forma de interação com a família em atendimento. A análise bioecológica destes três estudos indica uma integração coerente de diferentes abordagens teóricas compondo um ambiente ecológico rico, possibilitando que cada profissional crie um estilo pessoal único.
Abstract This paper investigated the Brazilian family therapist's practices under the perspective of Human Development Bio-ecologic approach. Three studies accessed different levels of the bioecologic context of family therapy. Study I indentified the theoretical references available for the professional in clinic and in courses of family therapy through a semi-structured questionnaire, which was applied to 57 family therapist professors. The results were analyzed through descriptive and factorial multiple correspondence analysis. Study II explored how the results of Study I influence the practices adopted by Brazilian professionals. Three hundred and eight family therapists answered a structured questionnaire available online through individual internet links. The answers were analyzed through descriptive, factorial, variance and correlation analysis. Study III described in detail the clinical practice of eight family therapists from Porto Alegre through focal groups. In these meetings, a clinical case was discussed and its results were submitted to content analysis. The results indicated that professors are defining the theoretical configuration of Brazilian Family Therapy without a prevalent approach. These professors propose the integration of models and the composition of a multi-theoretical practice, in which personal styles are respected. Two tendencies in professors' practices were identified: those who use traditional authors and those who adopt a more post-modern approach, coherently in clinic and in courses. Besides, these differences are regionally distributed, as the South tends to adopt a more traditional line, whereas the Southeast shows post-modern tendencies. In spite of some differences, Brazilian Family Therapists have a tendency to integrate theoretical models, paying more attention to their technical aspects than to their conceptual premises. A more careful analysis of the theoretical dynamics during appointments has indicated that therapists tend to use traditional authors in diagnosing family functionality and a post-modern approach in defining interaction strategies with the family. The Ecological analysis of these studies indicates coherence in the integrations of different theoretical approaches composing a rich ecological environment that allows professionals to create their own personal style.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/15870
Arquivos Descrição Formato
000691715.pdf (989.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.