Repositório Digital

A- A A+

Da crítica genética à tradução literária : o caminho da (re)criação e da (re)escritura 'Anotações para uma História de Amor' de Caio Fernando Abreu

.

Da crítica genética à tradução literária : o caminho da (re)criação e da (re)escritura 'Anotações para uma História de Amor' de Caio Fernando Abreu

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Da crítica genética à tradução literária : o caminho da (re)criação e da (re)escritura 'Anotações para uma História de Amor' de Caio Fernando Abreu
Autor Passos, Marie-Hélène Paret
Orientador Silva, Márcia Ivana de Lima e
Data 2008
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Graduação em Letras.
Assunto Abreu, Caio Fernando 1948-1996.
Criação literária
Critica e interpretacao
Crítica genética
Escritura
Estudos literários
Literatura brasileira
Processo criativo
Teoria literária
Tradução literária
[fr] Création littéraire
[fr] Critique génétique
[fr] Écriture
[fr] Traduction littéraire
Resumo Por que e de qual maneira a crítica genética pode ser uma forma de leitura reveladora no processo tradutório de um texto literário? É a pergunta que guia nossos passos nessa pesquisa. A partir do estudo genético do prototexto do conto inédito de Caio Fernando Abreu: Anotações para uma estória de amor, analisamos o processo escritural do autor, isto é, procuramos entender como o autor criou, estruturou e textualizou sua narrativa. Isso, no fito de embasar nosso processo tradutório nesse saber genético que um texto fixo não pode revelar. Pretendemos demonstrar que a passagem pelos manuscritos do autor traduzido pode ajudar o tradutor na sua tarefa. Procedemos à tradução do texto, a seu comentário e avaliação, e salientamos de qual forma utilizamos o saber genético em nosso processo tradutório. Por outro lado, queremos demonstrar que traduzir não é um simples processo mecânico, que existe uma escritura tradutória e que o texto oriundo da tradução possui as mesmas características que um texto literário dito original. De fato, o produto tradução passa por uma trajetória criativa e é balizado por rastros que atestam um trabalho de criação. Esses rastros são visíveis no prototexto da tradução que chamamos terceiro texto. O estudo desse terceiro texto pode levar a entender o processo criativo do tradutor, revelar suas dúvidas, suas escolhas, suas interrogações, isto é, o seu fazer. Portanto, abordar geneticamente os rascunhos do tradutor e constituí-los em objeto de estudo pode revelar-se como uma etapa fundamental no processo de avaliação da tradução. Estão, então, esboçadas as bases de uma interdisciplinaridade entre crítica genética e tradução literária.
Résumé Pourquoi et de quelle façon la critique génétique peut être une forme de lecture révélatrice dans le processus de traduction? C'est la question qui guide nos pas dans cette recherche. À partir de l'étude génétique de l'avant-texte du conte inédit de Caio Fernando Abreu: Anotações para uma estória de amor, nous analysons le processus d'écriture de l'auteur, c'est-à-dire que nous essayons de comprendre comment il a créé, structuré et mis en texte sa narration. Ceci, dans le but d'appuyer notre processus traductif sur ce savoir génétique qu'un texte fixe ne peut révéler. Nous essayons de démontrer que le passage préalable par les manuscrits de l'auteur peut aider le traducteur dans son processus de traduction. Nous procédons à la traduction du texte, à son commentaire et à son évaluation, et, nous mettons en exergue la façon dont nous avons utilisé ce savoir génétique dans notre processus traductif. Par ailleurs, nous voulons démontrer que traduire n'est pas un simple processus mécanique, qu'une écriture traductive existe et que le texte issu d'une traduction possède les mêmes caractéristiques qu'un texte littéraire dit original. En effet, le produit traduction passe par une trajectoire créatrice dans son processus et est, de ce fait, balisé par les traces qui attestent un travail de création. Ces traces sont visibles dans l'avant-texte de la traduction que nous appelons troisième texte. L'étude de ce troisième texte peut nous amener à comprendre le processus créatif du traducteur, révélant ses choix, ses doutes, ses interrogations. C'est pourquoi, aborder génétiquement les brouillons du traducteur et les constituer en objet d'étude peut s'avérer comme une étape fondamentale dans l'évaluation des traductions. Les bases d'une interdisciplinarité entre critique génétique et traduction littéraire sont ainsi ébauchées.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/15892
Arquivos Descrição Formato
000688177.pdf (1.970Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.