Repositório Digital

A- A A+

Influência da radiação ultravioleta e do dano mecânico na concentração do alcalóide braquicerina em folhas de Psychotria brachyceras Mull. Arg.

.

Influência da radiação ultravioleta e do dano mecânico na concentração do alcalóide braquicerina em folhas de Psychotria brachyceras Mull. Arg.

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Influência da radiação ultravioleta e do dano mecânico na concentração do alcalóide braquicerina em folhas de Psychotria brachyceras Mull. Arg.
Autor Porto, Diogo Denardi
Orientador Fett Neto, Arthur Germano
Co-orientador Gregianini, Tatiana Schaffer
Data 2003
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências. Curso de Ciências Biológicas: Ênfase Molecular, Celular e Funcional: Bacharelado.
Assunto Biotecnologia
Braquicerina
Dano
Fisiologia vegetal
Psychotria brachyceras
Radiação ultravioleta
Rubiaceae
Resumo As plantas superiores sintetizam uma ampla variedade de compostos, denominados classicamente metabólitos secundários, que as ajudam a se adaptar ao seu ambiente. Um subconjunto de metabólitos secundários são os alcalóides. Essas substânci'!ls nitrogenadas de ,baixo peso molecular ,, desempenham fun'ções variadas nas plantas, podendo apresentar propriedades antibióticas, repelentes de herbívoros ou alelopáticas. O alcalóide monoterpeno indólico Braquicerina, de estrutura inédita, foi extraído da planta arbustiva Psychotría brachyceras (Rubiaceae). Esse composto revelou ação específica como antiinflamatório em testes de quimiotaxia, possuindo, portanto, potencial valor farmacológico. Neste trabalho, é descrito o aumento dose-dependente da concentração do alcalóide Braquicerina em folhas de P. brachyceras quando expostas à radiação ultravioleta e sua capacidade de extinção de oxigênio sínglet em ensaios in vítro. O incremento transitório do teor de Braquicerina após elicitação com dano mecânico aplicado a folhas de estacas da planta também é demonstrado. Os resultados sugerem que o alcalóide Braquicerina tem um papel protetor contra danos causados pela penetração de luz ultravioleta bem como contra o estresse oxidativo resultante da mesma. Os dados obtidos com o experimento de dano mecânico fornecem evidências de ação anti-herbivoria.
Abstract Higher plants synthesize a wide range of compounds, classically known as secondary metabolites, which help plants adapt to their environment. A sub group of secondary metabolites are the alkaloids. These nitrogen-containing low molecular weight substances play severa! roles in plants due to antimicrobial, herbivore deterrents or allelopa,thic properties. The monoterpene indole alkaloid Brachycerine, which has a novel structu re, was extracted from the shrub Psychotria brachyceras (Rubiaceae). This compound showed antinflamatory activity in chemotaxis assays, indicative of pharmacological potential. In this work, the dose-dependent increase of Brachycerine concentration in P. brachyceras leaves exposed to ultraviolet radiation and its singlet oxygen quenching capacity in in vitro assays are described. The transient increase in Brachycerine content of leaves after wounding applied to these organs is also reported. The results suggest that Brachycerine has a protective function against damage derived from ultraviolet light exposure and also the oxidative stress caused by this radiation . The data of the wounding experiment provide evidence for an anti-herbivore action.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/159464
Arquivos Descrição Formato
000368709.pdf (13.67Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.