Repositório Digital

A- A A+

A certificação leed na obra de reforma e modernização do estádio José Pinheiro Borda

.

A certificação leed na obra de reforma e modernização do estádio José Pinheiro Borda

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A certificação leed na obra de reforma e modernização do estádio José Pinheiro Borda
Autor Kautzmann, Aline
Orientador Sattler, Miguel Aloysio
Data 2016
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia Civil.
Assunto Engenharia civil
Resumo A maneira como o homem se relaciona com a natureza é, cada vez mais, assunto de importantes pautas globais. A exploração desenfreada de recursos naturais e o desenvolvimento não planejado contribuem para o agravamento de problemas ambientais, que acabam, direta ou indiretamente, a curto ou longo prazo, prejudicando o ser humano e todo o espaço circundante. Como grande modificadora do ambiente natural, a construção civil recebeu a incumbência de rever suas práticas e desenvolver novas tecnologias que permitam que a atividade da construção se adeque a esse novo cenário, de racionalização do uso de recursos, para poder contribuir de forma efetiva para o bem estar do planeta e, consequentemente, para o bem estar de toda a sociedade. Visando mensurar estas novas práticas na construção, surgiram a partir da década de 90, sistemas de certificação de sustentabilidade em edificações. Neste cenário, megaeventos esportivos fazem uso de tais sistemas de certificação para comprovar o legado sustentável deixado em seus países-sede, através de suas obras de benfeitorias e infraestrutura. Sendo assim, este trabalho objetiva a análise da aplicação do sistema norte-americano LEED™ na obra de reforma e revitalização do estádio José Pinheiro Borda, na cidade de Porto Alegre, certificação esta exigida pela FIFA para estádios-sede, demonstrando as iniciativas sustentáveis que sustentaram o recebimento do selo LEED™ Silver e quais critérios não puderam ser atendidos e o por quê? Como resultado, salienta-se que a busca por um ambiente construído 100% sustentável de grandes proporções como este é uma missão difícil. Entretanto, é possível sim, minimizar ou mitigar os impactos ambientais gerados pela reforma e operação de um estádio de futebol, através de diretrizes e/ou ações de sustentabilidade que estejam intrínsecas, desde a concepção do novo projeto.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/159594
Arquivos Descrição Formato
001019345.pdf (1.641Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.