Repositório Digital

A- A A+

Comparativo orçamentário entre composições de paredes estruturais para obras de repetição nos sistemas construtivos convencionais e em light steel frame na cidade de Porto Alegre

.

Comparativo orçamentário entre composições de paredes estruturais para obras de repetição nos sistemas construtivos convencionais e em light steel frame na cidade de Porto Alegre

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Comparativo orçamentário entre composições de paredes estruturais para obras de repetição nos sistemas construtivos convencionais e em light steel frame na cidade de Porto Alegre
Autor Takushi, Roberta
Orientador Oliveira, Cristiane Sardin Padilla de
Data 2016
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia Civil.
Assunto Engenharia civil
Resumo Em meio à demanda por moradia e habitação, em contraponto à necessidade de preservação ambiental e a busca por atividades sustentáveis, a indústria da construção civil vem procurando se desenvolver e agregar tecnologias mais conscientes e que não comprometam o desempenho das edificações. Este trabalho apresenta o sistema construtivo Light Steel Frame (LSF), também designado como sistema autoportante de construção a seco em aço, que vem se consolidando nos últimos anos no mercado da construção civil brasileira, porém pouco difundido em relação aos sistemas de alvenaria estrutural e estrutura de concreto armado e alvenaria de vedação. O LSF tem uma concepção racional e cumpre exigências de desempenho conforme a NBR 15575 (2013), entretanto, por vezes, não é empregado devido à “cultura do concreto” e ao preconceito existente aos novos sistemas construtivos - com a visão que são muito mais caros que os métodos construtivos tradicionais. Primeiramente, a partir de revisões bibliográficas foi detalhado o sistema LSF, destacando sua origem no mundo e no mercado nacional, suas etapas de construção e desempenho (com um direcionamento às paredes estruturais) em relação aos outros sistemas construtivos e com desempenhos garantidos por normas brasileiras. O interesse nas paredes surgiu com o pressuposto que, grande parte do investimento em uma construção faz-se na parte da estrutura, vedação e revestimentos; e no LSF, devido à diversidade de materiais de fechamento vertical, verificou-se a necessidade de uma comparação entre estes fechamentos, a fim de destacar as características e diferenças de custo entre eles. As composições de paredes estudadas neste trabalho representam as alternativas disponíveis e mais aceitas na cidade de Porto Alegre, em contrapartida às paredes comumente construídas nos sistemas tradicionais. Definidas as composições a serem avaliadas, foram elaborados os orçamentos, através de dados fornecidos por duas construtoras da cidade, cada qual em sua área de atuação. A partir destes orçamentos, foram realizadas comparações e sobre os resultados obtidos. Com o intuído de aprofundar o estudo, estudaram-se, os tempos de execução de cada composição, a fim de demostrar que o custo vinculado ao tempo de execução pode determinar a escolha do sistema de acordo com as intenções do cliente. Com tais comparações pode-se perceber - e comprovar a bibliografia estudada - que o LSF apesar de apresentar maior custo direto em relação ao outros dois sistemas, apresenta menor tempo de execução.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/159615
Arquivos Descrição Formato
001019474.pdf (3.013Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.