Repositório Digital

A- A A+

Estratégias ambientais para utilização de material de dragagem

.

Estratégias ambientais para utilização de material de dragagem

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estratégias ambientais para utilização de material de dragagem
Autor Hermanns, Luciano
Orientador Corrêa, Iran Carlos Stalliviere
Data 2017
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Programa de Pós-Graduação em Geociências.
Assunto Dragagem
Manejo ambiental
Resumo O desenvolvimento da atividade portuária requer melhorias nas vias navegáveis e na configuração dos portos através de dragagens de aprofundamento e manutenção. O estado do Rio Grande do Sul, no Brasil, possui vias navegáveis que liga cidades industriais ao porto internacional do Rio Grande, mas que são subutilizadas devido à falta de investimentos e à necessidade de aprofundamento e manutenção. Associado a isso, os processos de dragagem são caros, complexos e podem impactar o meio ambiente. O objetivo deste trabalho é apresentar uma alternativa de uso aos sedimentos de dragagem na forma de recurso mineral e com isso diminuir os impactos do despejo do material dragado no corpo hídrico. Para auxiliar na definição do melhor uso para o material dragado, foi desenvolvido o Plano de Uso de Material de Dragagem. No intuito de adicionar mais informações aos requisitos legais brasileiros e auxiliar na tomada de decisão sobre a reutilização deste material, este plano busca complementar as exigências da Resolução Conama 454/2012. Para validação do mesmo, o plano foi aplicado durante a elaboração de estudos de licenciamento de um terminal portuário no rio dos Sinos, Canoas – Rio Grande do Sul. Através de uma análise multicritérios, foram discutidas características físico-química do sedimento e a necessidade socioambiental e econômica de recursos minerais. Os resultados mostraram a importância de aplicar um método de decisão que inclua a empresa e as informações técnicas ambientais. A ampla possibilidade de uso dos sedimentos amostrados no rio Sinos, bem como a necessidade social e econômica deste recurso contribuíram para validar o uso de sedimentos como recurso através. Com isso, foi possível concluir que o uso de sedimentos podem ser uma alternativa de recursos durante os processos de dragagem no Rio Grande do Sul. Além de ser uma alternativa à dificuldade encontrada pelos setores público e privado durante a elaboração e execução de planos de dragagem. Aliado a isso, os custos de dragagem podem ser reduzidos através da criação de um banco de sedimentos para atender às necessidades do governo, incentivando a utilização das vias navegáveis do Rio Grande Sul e consequente diminuindo o transporte rodoviário e suas emissões de CO2 associadas, colaborando com o controle do aquecimento global.
Abstract The development of the port activity requires improvements through dredging of deepening and maintenance in the navigable ways and the configuration of the ports. The state of Rio Grande do Sul, Brazil, has navigable waterways linking industrial cities to the international port of Rio Grande, but underutilized due to lack of investment and the need for deepening and maintenance. Associated with this, the dredging processes are expensive, complex and can affect the environment. The objective of this work is to present an alternative of use to the dredging sediments in the form of mineral resource and with that to diminish the impacts of the disposal of the dredged material into the water. To define the best use for the dredged material, the Dredging Material Reuse Plan was developed. The plan improve and add more information to Brazilian legal requirements and assist in the decision on the reuse of this material, this plan seeks to complement the requirements of Conama Resolution 454/2012. In order to validate it, the plan was applied during the elaboration of licensing studies of a port terminal in the Rio dos Sinos, Canoas - Rio Grande do Sul. Through a multi-criteria analysis, the physicochemical characteristics of the sediment and the socio-environmental and economic necessities of mineral resources were discuss. The results showed the importance of applying a decision method that includes the company and the technical environmental information. The wide possibility of using the sediments sampled in the Sinos River, as well as the social and economic necessity of this resource contributed to validate the use of sediments as a resource. With this, it was possible to conclude that reuse of sediment can be an alternative resource during dredging processes in Rio Grande do Sul. Besides being an alternative to the difficulty encountered by the public and private sectors during the elaboration and execution of dredging plans. Allied to this, dredging costs can be reduce through the creation of a sediment bank to meet the needs of society and government. The use of waterways must be encourage in Rio Grande Sul, consequently reducing road transport and its associated CO2 emissions, collaborating with global warming control.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/164567
Arquivos Descrição Formato
001027318.pdf (1.951Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.