Repositório Digital

A- A A+

Estruturas de governança e mecanismos de coordenação em agroindústrias familiares no Corede Médio Alto Uruguai, RS

.

Estruturas de governança e mecanismos de coordenação em agroindústrias familiares no Corede Médio Alto Uruguai, RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estruturas de governança e mecanismos de coordenação em agroindústrias familiares no Corede Médio Alto Uruguai, RS
Autor Silveira, Jaqueline Patrícia
Orientador Talamini, Edson
Co-orientador Silva, Leonardo Xavier da
Data 2017
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Rural.
Assunto Agricultura familiar
Agroindústria familiar
Conselho Regional de Desenvolvimento do Médio Alto Uruguai
Governança
Rio Grande do Sul
[en] Familiar agroindustries
[en] Governance structures
[en] Mechanisms of coordination
Resumo O presente estudo teve como objetivo principal analisar as estruturas de governança e os mecanismos de coordenação adotados pelas agroindústrias familiares no Corede Médio Alto Uruguai e seus alinhamentos com os pressupostos teóricos. Para tanto, procurou compreender a trajetória e as dinâmicas de funcionamento das agroindústrias estudadas, identificar quais formas de governança adotam, caracterizar as transações e os agentes, verificar quais mecanismos de coordenação utilizam para auxiliar suas trocas e por fim, comparar a realidade encontrada com as recomendações teóricas da Economia dos Custos de Transação - ECT. De forma mais específica, esta dissertação procurou responder aos seguintes problemas: Quais são as estruturas de governança e os mecanismos de coordenação adotados pelas agroindústrias familiares no Corede Médio Alto Uruguai? As estruturas de governança e os mecanismos de coordenação utilizados pelas agroindústrias familiares no Corede Médio Alto Uruguai atendem aos pressupostos teóricos de maximização da eficiência e redução dos custos de transação? Para responder essas perguntas e alcançar os objetivos, foi empregado o enfoque teórico da Nova Economia Institucional e da ECT. A pesquisa, de caráter exploratório-descritivo, foi delineada por meio de estudos de casos múltiplos, empregando técnicas qualitativas e quantitativas. O estudo foi desenvolvido no Corede Médio Alto Uruguai, norte do estado do Rio Grande do Sul, onde foram investigadas onze agroindústrias familiares. Os dados foram gerados por meio de entrevistas semiestruturadas, observação e diário de campo e analisados com o suporte da estatística descritiva e da Análise Estrutural Discreta Comparada. Os resultados apontam que a maioria das agroindústrias familiares estudadas, totalizando sete casos, adota uma estrutura de governança de mercado. Outras duas se utilizam de uma forma de governança híbrida e outros dois casos caracterizam a governança hierárquica. As transações apresentam alta especificidade de ativos, frequência recorrente, baixa incerteza, pouco oportunismo e racionalidade pouco limitada. Diante disso, ao aplicar Análise Estrutural Discreta Comparada avalia-se que, (i) frente às características das transações e dos agentes, a estrutura de governança de mercado adotada pelas agroindústrias familiares pode não ser a mais adequada, porém (ii) mesmo não sendo a estrutura mais adequada, as agroindústrias familiares estão obtendo sucesso em suas transações. Acredita-se que, neste estudo, a segunda avaliação seja mais coerente com a realidade empírica tratada, mesmo que, de certo modo, contrarie alguns argumentos da ECT. Porém, a própria ECT trata do ambiente institucional, e é este que torna impossível e/ou inviável que as agroindústrias familiares analisadas nesta pesquisa adotem estruturas de governança hierárquicas. Por fim, considera-se que a confiança é o mecanismo de coordenação responsável, em grande medida, pelo sucesso das transações realizadas pelas agroindústrias familiares estudadas.
Abstract The present study had as main objective to analyze the structures of governance and the coordination mechanisms adopted by the familiar agroindustries of Corede Médio Alto Uruguai and their alignments with the theoretical assumptions. In order to do so, it sought to understand the trajectory and dynamics of the agroindustries studied, to identify which forms of governance they adopt, to characterize the transactions and the agents, to verify which coordination mechanisms they use to aid their exchanges and, finally, to compare the reality found with the theoretical recommendations of the Transaction Costs Economy - TCE. More specifically, this study sought to answer the following problems: What are the governance structures and coordination mechanisms adopted by the Corede Médio Alto Uruguai familiar agroindustries? Does the governance structures and the coordination mechanisms used by the familiar agroindustries of Corede Médio Alto Uruguai meet the theoretical assumptions of maximizing efficiency and reducing transaction costs? In order to answer these questions and to achieve the objectives, the theoretical approach of the New Institutional Economy and TCE was used. The exploratory-descriptive research was delineated through multiple case studies using qualitative and quantitative techniques. The study was developed in Corede Médio Alto Uruguai, in northern Rio Grande do Sul, where eleven familiar agroindustries were analized. The data were generated through semi-structured interviews, observation and field diary and analyzed with the support of descriptive statistics and Comparative Discrete Structural Analysis. The results show that most of the familiar agroindustries studied, seven cases, adopts a structure of market governance. Two of them use an hybrid governance form and the other two cases characterize hierarchical governance. The transactions present high asset specificity, recurrent frequency, low uncertainty, little opportunism and little limited rationality. Therefore, in applying Comparative Discrete Structural Analysis it is assessed that, (i) in face of the characteristics of the transactions and the agents, the market governance structure adopted by the familiar agroindustries may not be the most adequate, but (ii) even not being the most appropriate structure, familiar agroindustries are getting success in their transactions. It is believed that in this study the second assessment is more consistent with the empirical reality reflected, even if, to some extent, it opposes some TCE arguments. However, TCE itself deals with the institutional environment, and it is what makes it impossible and / or unfeasible to the familiar agroindustries analyzed in this research to adopt hierarchical governance structures. Finally, it is considered that reliability is the coordination mechanism responsible, to a large extent, for the success of the transactions carried out by the familiar agroindustries studied.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/168640
Arquivos Descrição Formato
001044231.pdf (1.416Mb) Texto parcial Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.