Repositório Digital

A- A A+

Graciliano Ramos : a dor e a náusea

.

Graciliano Ramos : a dor e a náusea

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Graciliano Ramos : a dor e a náusea
Autor Carvalho, Luciana dos Santos
Orientador Tutikian, Jane Fraga
Data 2009
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Gradução em Letras.
Assunto Angústia na obra de G. Ramos (Angústia)
Critica e interpretacao
Dor na obra de G. Ramos
Expressionismo
Literatura brasileira
Ramos, Graciliano 1892-1953.
Romance
Solidão na obra de G. Ramos (Angústia)
[en] Anguish
[en] Brazilian literature
[en] Expressionism
[en] Reality's deformation
[en] Silence
[en] Solitude
[es] Deformación de la realidad
[es] Expresionismo
[es] Silencio
[es] Soledad
Resumo O presente trabalho de doutoramento em Literatura Brasileira, intitulado Graciliano Ramos: a dor e a náusea, consiste na análise dos quatro romances de Graciliano Ramos - Caetés (1933), São Bernardo (1934), Angústia (1936) e Vidas Secas (1938) - à luz de alguns preceitos básicos do expressionismo alemão, com o objetivo de propor um deslocamento de perspectiva em relação ao discurso hegemônico da historiografia e da crítica literária tradicional, que vêem essas obras como a expressão máxima de uma determinada região, em uma determinada época, limitando-as, portanto, a um contexto sócio-histórico e cultural bem definido. Para a leitura que aqui se propõe, no entanto, esses romances iluminam, numa linguagem enxuta e prenhe de significados intemporais, a força de convicção moral desse escritor que ostenta, através da deformação da realidade, uma emoção intensa, com toda uma carga de prospecção da dor humana.
Abstract The present doctorate work on Brazilian Literature, entitled Graciliano Ramos: the pain and the nausea, consists on the analysis of four novels by Graciliano Ramos - Caetés (1933), São Bernardo (1934), Angústia (1936) and Vidas Secas (1938) - at the light of some basic precepts of the German Expressionism, with the aim of purposing a perspective's displacement with regard to the hegemonic speech from the historiography and the traditional literary criticism which see these works as the maximum expression from a certain region on a certain period, restraining them, therefore, to a sharp-cut cultural and socio-historical context. To the reading purposed here, however, these novels enlighten, on a concise language full of timeless meanings, the force of moral conviction of this writer who exhibits, through reality's deformation, an intense emotion with a whole burden of human pain prospection.
Resumen El presente trabajo de doctorado en Literatura Brasilera, intitulado Graciliano Ramos: a dor e a náusea, consiste en el análisis de las cuatro novelas de Graciliano Ramos - Caetés (1933), São Bernardo (1934), Angústia (1936) y Vidas Secas (1938) - a la luz de algunos preceptos básicos del expresionismo alemán, con el objetivo de proponer un desplazamiento de perspectiva en relación al discurso hegemónico de la historiografía y de la crítica literaria tradicional, que ven esas obras como la expresión máxima de una determinada región, en una determinada época, limitándolas, por lo tanto, a un contexto socio-histórico y cultural bien definido. Para la lectura que aquí se propone, esas novelas alumbran, en un lenguaje enjuto y lleno de significados intemporales, la fuerza de convicción moral de ese escritor que ostenta, a través de la deformación de la realidad, una emoción intensa, con toda una carga de prospección del dolor humano.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/16869
Arquivos Descrição Formato
000701303.pdf (2.389Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.