Repositório Digital

A- A A+

Padrões de organizações partidárias : 42 partidos políticos latino-americanos em perspectiva comparada

.

Padrões de organizações partidárias : 42 partidos políticos latino-americanos em perspectiva comparada

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Padrões de organizações partidárias : 42 partidos políticos latino-americanos em perspectiva comparada
Autor Mayer, Rodrigo Ricardo
Orientador Peres, Paulo Sergio
Co-orientador Grohmann, Luis Gustavo Mello
Data 2017
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Ciência Política.
Assunto Comparative Politics
Latin America
Organização partidária
Partidos políticos : América Latina
Política comparada
[en] Latin American parties
[en] Party Organization
[en] Political Parties
Resumo Os partidos latino-americanos são muito diversos e poucos estudos se ocupam da comparação de suas organizações. Este estudo analisa e classifica a organização interna dos partidos políticos latino-americanos, comparando o conteúdo de 42 estatutos partidários distribuídos nos 18 países democráticos da região. A comparação ocorre a partir do uso do método comparado e da identificação da ausência e/ou presença de determinados conteúdos em suas cartas orgânicas, de modo a mapear sua organização e possibilitar a construção de uma escala de pertencimentos das agremiações no quesito organizacional. A visão predominante sobre a região aponta para um caso de subdesenvolvimento partidário, no qual as agremiações são descritas como dotadas de organizações internas frágeis e em muitos casos inexistentes. Este trabalho não compartilha este posicionamento e argumenta que a América Latina apresenta um amplo espectro partidário em que convive dotadas de diferentes graus de organização. De modo a solucionar esta questão optamos por focar a análise em suas características organizacionais de modo a compreender os diferentes padrões exibidos em um estudo mais descritivo. Como premissa básica, partimos do princípio que os partidos políticos são, antes de tudo, organizações, as quais refletem as escolhas e objetivos de seus membros em um ambiente limitado. Como resultados, encontramos os seguintes: 1) o cenário partidário encontrado não é tão negativo quanto o exposto pela bibliografia sobre a região; 2) a região exibe um rico cenário, que reflete as diferentes estratégias das agremiações latino-americanas; 3) a ideologia e o tipo originário exercem grande influência sobre a determinação do desenho organizacional e; 4) as regulamentações a que os partidos estão sujeitos definem os limites das organizações.
Abstract Latin american parties are very diverse and few studies show a comparison of their organization. This study analyzes and classifies the internal organization of 42 Latin American political parties distributed in 18 democratic countries, comparing the content of their statutes. Using the comparative method we pointed the absence and / or presence of certain contents in the party organic charts, in order to map their organization and build a scale of affiliation to the organization. The predominant view describes an underdevelopment of the parties in Latin America, with a fragile association to internal organizations, that is even absent in many cases. This thesis does not share this position and sustain that Latin America has a broad partisan spectrum, which coexists with different degrees of organization. In order to solve this question and understand the different patterns exhibited, we focused the analysis on its organizational aspects, using a descriptive approach. As a basic premise, we assume that political parties are, above all, organizations, and it reflects the choices and goals of their members in a limited environment. The following results were found: 1) the party scenario found is not as negative as exposed by previous works about that region; 2) the region presents a rich scenario, which reflects the different strategies of Latin American associations; 3) ideology and the original type of party exert great influence on the determination of organizational design and; 4) the regulations to which the parties are subjected define the boundaries of organizations.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/168853
Arquivos Descrição Formato
001046293.pdf (2.583Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.