Repositório Digital

A- A A+

With a little help from my friend : um estudo sobre o reparo levado a cabo pelo terceiro na sala de aula de língua estrangeira

.

With a little help from my friend : um estudo sobre o reparo levado a cabo pelo terceiro na sala de aula de língua estrangeira

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título With a little help from my friend : um estudo sobre o reparo levado a cabo pelo terceiro na sala de aula de língua estrangeira
Autor Freitas, Ana Luiza Pires de
Orientador Garcez, Pedro de Moraes
Data 2006
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Graduação em Letras.
Assunto Análise da conversação
Análise da conversa etnometodológica
Aprendizagem
Ensino de línguas
Etnometodologia
Interação social
Língua estrangeira
Linguagem e línguas
Lingüística aplicada
Microetnografia escolar
Sociolingüística
Resumo Esta pesquisa investiga o fenômeno do reparo levado a cabo por um terceiro interagente na sala de aula de língua estrangeira em um curso livre de Porto Alegre. A questão analítica e a medolologia de pesquisa que fundamentam o estudo são construídas a partir dos embasamentos teóricos da Sociolingüística Interacional e da Análise da Conversa etnometodológica. O corpus de análise se constitui de dez horas e trinta minutos de vídeo-gravações de interações, com base em registros gerados no período compreendido entre os meses de abril e maio de 2005. Dentre as ocorrências de reparo registradas, foram selecionados cinco segmentos em que o fenômeno é analisado em diferentes estruturas seqüenciais e desdobramentos de ações interacionais. Os dados gerados capturam dois desdobramentos seqüenciais distintos do modelo clássico apresentado na literatura sobre o tema (Egbert, 1997). Foi possível constatar que não há um padrão interacional exclusivo em relação à receptividade ou inadequação à participação do terceiro interagente quer em seqüências de fala-em-interação de conversa cotidiana, quer em interações de caráter institucional escolar. Os alinhamentos entre os participantes, por sua vez, revelaram-se mutáveis, uma vez que os interagentes demonstraram se agrupar tanto em díades, quanto individualmente, reforçando o caráter situado das interações. Por fim, evidenciou-se que os participantes utilizam o mecanismo do reparo levado a cabo pelo terceiro na de sala de aula de língua estrangeira não meramente para contrabalançar um domínio desequilibrado da língua de interação, mas para desempenhar outras ações constitutivas de um cenário de interação social.
Abstract Grounded on the principles of Interactional Sociolinguistics and etnometodological Conversation Analysis this research examines the issue of repair among three copartipants in which an interactant other than the trouble-source turn speaker responds to repair initiation. Its research corpus is formed by ten hours and thirty minutes of video recordings of interactions captured from the months of april to may of 2005 in the setting of a language institute in Porto Alegre. Five excerpts of the repair type under investigation were selected in which various sequencial structures and interactional actions could be analysed. The generated data provide evidence that there are two structural sequences other than the one reported by Egbert´s (1997) classical account of the issue. It could be concluded that there is no exclusive interactional pattern in the actions employed by coparticipants regarding acceptance or inappropriateness to the responses of speakers other than the trouble source turn ones. It is suggested that this variation regards both moments in which there was evidence of conversational talk and instances of institucional talk in the language classroom. The range of participants' alignment proved to be prone to change, once it could be observed that interactants grouped up not only as dyads but also as individuals. The arrangement variation highlighted the extend to which interaction takes place on a situational basis. It could also be suggested that participants employ this kind of repair mechanism in the foreign language classroom for purposes other than exclusively that of restoring balance to their unsufficient command of the interactional language, but to accomplish other social actions which characterize an interactional scenery as we know it.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/16915
Arquivos Descrição Formato
000708046.pdf (639.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.