Repositório Digital

A- A A+

Professores de violão e seus modos de ser e agir na profissão : um estudo sobre culturas profissionais no campo da música

.

Professores de violão e seus modos de ser e agir na profissão : um estudo sobre culturas profissionais no campo da música

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Professores de violão e seus modos de ser e agir na profissão : um estudo sobre culturas profissionais no campo da música
Autor Vieira, Alexandre
Orientador Souza, Jusamara Vieira de
Data 2009
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Artes. Programa de Pós-Graduação em Música.
Assunto Professor de música
Violão
[en] Guitar teachers
[en] Professional cultures
[en] Teacher profession
Resumo Inserido no campo da formação e das práticas profissionais na área da música, este trabalho tem o objetivo de apreender e compreender os modos de ser e agir na profissão, os valores, atitudes, interesses, destrezas e conhecimentos próprios da cultura profissional dos professores de violão. Para este propósito, é necessária a articulação de um conceito aberto de profissão, tendo como referência os trabalhos de Caria, Carrolo, Dubar e Franzoi. Nessa pesquisa foram entrevistados oito professores de violão, que exercem sua atividade em Porto Alegre/RS, cuja prática profissional varia de dois a vinte e cinco anos de experiência, e que atuam em espaços diversos, como escolas da rede de ensino, academias de música, casas dos alunos e em suas próprias residências. O material empírico foi colhido por intermédio de entrevistas semi-estruturadas, baseadas em relatos orais temáticos e diários de campo. Dentre as principais conclusões, pode-se destacar o fato dos professores de violão constituírem um grupo social singular que compartilha aspectos de uma cultura profissional, que é transmitida no transcorrer da socialização profissional. Tal cultura é entendida como um processo contínuo, que se inicia nas primeiras aproximações com a atividade e se estende por toda a vida profissional - e é apropriada e reinventada por cada indivíduo na construção de sua identidade profissional. Diante da impossibilidade em se destacar traços generalizantes dos modos de ser e agir desses professores, devido à própria natureza da atividade desenvolvida pelos sujeitos investigados, a pesquisa limita-se a apontar tendências gerais que balizam sua cultura profissional. Dentre essas tendências destacam-se: a importância das redes na construção e manutenção dos nichos de atuação e transmissão da cultura profissional; o ensino focado nas expectativas e necessidades do público atendido; o poder de adaptabilidade e resposta às mais variadas demandas; tendência às regularidades na construção das trajetórias profissionais, mesmo dentro de sistemas aparentemente instáveis; modos de ser e agir que se contrapõem às representações sociais estigmatizantes de precariedade e improvisação associadas a essa prática profissional. Os resultados contribuem para um maior entendimento acerca da constituição das culturas profissionais dos professores de instrumento musical.
Abstract Within the field of training and professional practice in the music area, this paper aims to capture and understand the ways of being and acting in the profession, values, attitudes, interests, skills and knowledge of the professional culture of guitar teachers. For this purpose it is necessary to articulate an open concept of profession, with reference works of Caria, Carrolo, Dubar and Franzoi. In this research eight teachers of guitar that have their activity in Porto Alegre/RS were interviewed and whose professional practice varies from two to twenty-five years of experience, and that act in different spaces such as schools of education network, academies of music houses of students and in their own homes. The empirical material was collected through semi-structured interviews, based on oral reports and field diary. Among the key findings, you can highlight the fact of guitar teachers are a natural social group that share aspects of a professional culture, which is transmitted in the phases of professional socialization. This culture is understood as a continuous process that begins in the first approximations with the activity and extends throughout life - and it is appropriate and reinvented by each individual in the construction of their professional identity. Facing the impossibility to highlight features that generalize the ways of being and acting of teachers, due to the nature of the activity performed by the subjects investigated, the search is limited to general trends indicating that sustains their professional culture. Among these trends are: the importance of networks in the construction and maintenance of niches of work and occupational transmission of culture, education focused on the needs and expectations of the public attended, the power of adaptability and response to the most varied demands, tend to regularities in the construction of professional paths, even in apparently unstable systems, ways of being and acting that is opposed to stigmatizing representations of social precariousness and improvisation associated with this practice. The results contribute to a better understanding about the formation of the professional cultures of teachers of musical instrument.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/17370
Arquivos Descrição Formato
000715634.pdf (913.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.