Repositório Digital

A- A A+

Histórias em quadrinhos como local de aprendizagem : saberes ambientais e a formação de sujeitos

.

Histórias em quadrinhos como local de aprendizagem : saberes ambientais e a formação de sujeitos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Histórias em quadrinhos como local de aprendizagem : saberes ambientais e a formação de sujeitos
Autor Lisbôa, Lívia Lüdke
Orientador Del Pino, Jose Claudio
Data 2008
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Ciências Básicas da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde.
Assunto Construção do conhecimento
Educação ambiental
Formação de conceito
Historias em quadrinhos
Mídia
[en] Comic strips
[en] Learning places
[en] Media
[en] Nature
Resumo Apresento nesta dissertação de mestrado, inspirada na ótica pós-moderna e no campo dos Estudos Culturais, uma discussão sobre a importância da mídia enquanto formadora de identidades e formuladora de modos de ser sujeito. Para isto, no presente estudo, busquei analisar os conteúdos relacionados à temática ambiental que fazem parte do enredo de algumas histórias em quadrinhos da Turma da Mônica, escritas por Maurício de Souza, e sua importância como difusoras de concepções, saberes, representações e conceitos do campo das ciências ambientais. Para tanto, identifico, apresento e analiso as principais estratégias de linguagem (imagens, palavras e signos) utilizadas nesse espaço, que podem ou não promover uma sensibilização do leitor a respeito de temáticas socioambientais, reveladas através das concepções que os personagens trazem de meio ambiente ou natureza. Para esta análise, foram selecionadas 15 histórias que compõem as revistas da Turma da Mônica do ano de 1990 a 2006. Foram escolhidas as histórias em quadrinhos de Maurício de Souza para realização do presente trabalho, pelo fato de serem concebidas e produzidas no Brasil, por seus personagens serem bastante característicos e representativos de 'tipos de brasileiros' e por ser uma das revistas em quadrinhos de maior tiragem e interesse por parte do público leitor infanto-juvenil no país. Neste trabalho indico também a existência de tramas discursivas que mostram ao leitor algumas representações de natureza, sendo que estas histórias e seus conteúdos podem se constituir como espaços educativos que ensinam de forma lúdica sobre diversos aspectos, entre eles, questões ligadas ao meio ambiente. Ao percorrer a trajetória deste trabalho, pude perceber claramente que a mídia, enquanto canal de comunicação que é, tem uma profunda e inegável importância na formação das identidades dos sujeitos. A representação de natureza apresentada ao leitor nas HQs analisadas mostrou: uma notável separação entre o homem do campo e da cidade; uma visão utilitarista dos animais; a homogeneização do ser humano: não sendo apresentadas distinções entre as diferentes culturas dentro da sociedade ocidental; algumas vezes a falta de apontamentos de alternativas para as problemáticas ambientais enfrentadas; entre outras situações. Percebi, portanto, que as HQs em questão trazem nos conteúdos apresentados ao leitor uma série de sugestões de formas de ser/agir/se posicionar. Estas muitas vezes não estão explícitas e geralmente não são impostas ao leitor; porém acredito que o contato com discursos que sugerem posições em relação à natureza, bem como sugerem modos de agir frente a algumas problemáticas ambientais - mesmo que não explicitamente, merecem ser levadas em consideração em estudos como este, bem como por educadores que desejem realizar trabalhos pedagógicos utilizando-se destas instâncias culturais.
Abstract I present in this dissertation of master's degree, inspired in the pos-modern optics and in the field of the Cultural Studies, a discussion on the importance of the media while forming of identities and formulator in ways of being a subject. For that, in the present study, I attempted to analyze the contents related to the environmental thematic that are part of some of the comic strips of Turma da Mônica, written by Maurício de Souza, and its importance as a diffuser of opinions, knowledge, representations and concepts on the field of environmental science. For this purpose, are identified, presented and analyzed the main strategies of language (images, words and signs) used in this space, that can promote or not a sensitization of the reader about socialenvironmental thematic, revealed through the opinion that the characters bring from the environment or from the nature. For this analysis, were selected 15 strips of Turma da Mônica from 1990 to 2006. Were chosen Maurício de Souza's comic books for the realization of this dissertation, because they are conceived and produced in Brazil, for the fact that their characters are representative "brazilian types" and for being one of the comics of bigger print run and interest for part of children's reader public in the country. In this work I indicate also the existence of discursive woofs that show to the reader some representations of nature, in the way that these strips and his contents constitute themselves as educative spaces that teach in the playful form on several aspects, between them, questions connected with the environment. Through the trajectory of this work, I could realize clearly that the media, while channel of communication that is, it has a deep and undeniable importance in the formation of the identities of the subjects. The representation of nature presented to the reader in the analyzed HQs showed: a notable separation between the man of the field and of the city; a utilitarian vision of the animals; the homogenization of the human being: when distinctions between the different cultures inside the western society are not presented; sometimes the lack of notes of alternatives for the environmental faced problems; between other situations. I realized, so, that the HQs opened to question brings in the contents presented to the reader a series of suggestions of the forms of being/to act/ to be positioned. These very often are not explicit and generally they are not imposed on to the reader; however I believe that the contact with speeches that suggest positions regarding the nature, that suggest ways of acting in front of some environmental problems - even if it's not explicitly, they deserve to be taken into account in studies like this one, as well as for educators who want to carry out pedagogic works making use of this cultural persistence.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/17422
Arquivos Descrição Formato
000717173.pdf (1.720Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.