Repositório Digital

A- A A+

Bioprospecção de microorganismos epifíticos de tangerina cv. Montenegrina para o manejo da mancha preta do citros causada por Guignardia citricarpa Kiely

.

Bioprospecção de microorganismos epifíticos de tangerina cv. Montenegrina para o manejo da mancha preta do citros causada por Guignardia citricarpa Kiely

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Bioprospecção de microorganismos epifíticos de tangerina cv. Montenegrina para o manejo da mancha preta do citros causada por Guignardia citricarpa Kiely
Outro título Bioprospection of epiphyte microorganisms of cv. Montenegrina tangerine orchards for the management of the citrus black spot caused by Guignardia citricarpa kiely
Autor Guimarães, Alexandre Martins
Orientador Dal Soglio, Fabio Kessler
Data 2008
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Agronomia. Programa de Pós-Graduação em Fitotecnia.
Assunto Doenca de planta : Fungo : Controle biologico
Resumo A citricultura representa um importante segmento sócio-econômico para o Estado do Rio Grande do Sul, onde são desenvolvidos sistemas de cultivo de citros com manejo agroecológico, principalmente pela agricultura familiar. O Grupo de Citricultura Ecológica constitui um grupo de pesquisa participativa, que conta com a participação de agricultores, pesquisadores e extensionistas, e tem por objetivos o desenvolvimento da citricultura agroecológica da região dos Vales do Caí e Taquari. O presente trabalho teve por objetivo realizar bioprospecção de microrganismos epifíticos dos citros com potencial para o controle biológico da doença pinta preta dos citros (PPC), e também caracterizar os mecanismos de antagonismo potencialmente envolvidos na interação dos agentes biocontroladores com G. citricarpa. Este trabalho foi realizado no Município de Montenegro – RS, em pomares de bergamoteira cv. Montenegrina, conduzidos sob manejo orgânico. A partir de folhas e frutos foram isolados 24 fungos filamentosos e 17 leveduras, caracterizadas em oito tipos morfológicos. Destes, apenas dois isolados de leveduras e quatro de fungos filamentosos apresentaram, in vitro, potencial para o biocontrole de G. citricarpa, sendo que um dos isolados de fungos filamentosos foi identificado como Trichoderma koningii. Não foi possível observar diretamente o micoparasitismo dos isolados epifíticos testados sobre G. citricarpa. Todos os isolados antagonistas à G. citricarpa apresentaram atividades quitinásica, glucanásica e proteásica. O mecanismo de antibiose foi observado em todos os isolados, seja pela produção de compostos difusíveis ou voláteis inibitórios à G. citricarpa. No mecanismo de competição foi observada a produção de sideróforos por todos os isolados de fungos filamentosos. O isolado epifítico de T. koningii apresentou, em condições de campo, redução de 18,58 % na incidência e 63,82 % na severidade da PPC.
Abstract Citriculture represents an important socioeconomic segment for the state of Rio Grande do Sul where the agroecological farming of citrus is developed, mainly by family agriculture. The Ecological Citriculture Group is a participative research group in which farmers, researchers and extensionists take part in and it aims at the development of the agroecological citriculture of the Caí Valley and Taquari Valley region. The present work aimed at performing a bioprospection of epiphytic microorganisms of citrus with a potential for the biological control of the citrus black spot disease (PPC), as well as characterizing the mechanisms of antagonism involved in the interaction of the biocontrol agents with G. citricarpa. This work was carried out in the town of Montenegro, Rio Grande do Sul in cv. Montenegrina tangerine orchards, conducted under organic farming. 24 filamentous fungi and 17 yeasts isolates were isolated from leaves and fruits, characterized in eight morphological types. Of these, only two yeast and four filamentous fungi isolates presented, in vitro, potential for the biocontrol of G. citricarpa, one of the filamentous fungi isolates was identified as Trichoderma koningii. It was not possible to directly observe the mycoparasitism of the epiphyte isolates tested on G. citricarpa. All the isolates antagonists of G. citricarpa presented quitinase, glucanase and protease activities. The antibiosis mechanism was observed in all the isolates, whether by the production of diffusible compounds or volatile inhibitors in G. citricarpa. In the mechanism of competition the production of siderophores by all of the filamentous fungi isolates was observed. The epiphyte isolate of Trichoderma koningii presented, in field conditions, a reduction of 18,58% in the incidence and 63,82% in the severity of the citrus black spot.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/17461
Arquivos Descrição Formato
000664788.pdf (1.193Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.