Repositório Digital

A- A A+

Estudo da viabilidade técnica para a Bolívia de painéis de gesso reforçados com fibra de vidro para paredes internas não portantes

.

Estudo da viabilidade técnica para a Bolívia de painéis de gesso reforçados com fibra de vidro para paredes internas não portantes

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estudo da viabilidade técnica para a Bolívia de painéis de gesso reforçados com fibra de vidro para paredes internas não portantes
Outro título Study on the technical viability to Bolivia of the GRG panel for non-structural internal walls
Autor Claure, Hector Raimundo Castellon
Orientador Greven, Helio Adao
Data 1994
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Pós-Graduação em Engenharia Civil.
Assunto Fibras de vidro
Materiais compositos
Materiais de construção : Gesso
Resumo Na construção civil, nos países em desenvolvimento como a Bolívia, continua-se usando técnicas e materiais na execução de paredes, similar a décadas passadas. Os painéis de gesso reforçados com fibra de vidro são uma alternativa de simplificação e agilização na execução das paredes internas não portantes. A presente dissertação objetiva mostrar a viabilidade técnica e econômica dos painéis para paredes internas, na Bolívia; para tanto realizou-se uma avaliação dos recursos disponíveis (gesso), com relação às reservas, produção e custos. A técnica adotada na produção dos painéis é a de pré-mistura, que permite a moldagem dos painéis manual ou mecanicamente com equipamentos simples e de baixo custo. O estudo do compósito de gesso reforçado com fibra de vidro (GRG) foi realizado com gesso brasileiro e com gesso boliviano, verificando-se o seu comportamento mecânico com diferentes teores de fibra de vidro. Verificou-se aumento da resistência a tração na flexão e diminuição da resistência a compressão com o aumento do teor de fibra de vidro. A avaliação do comportamento mecânico dos painéis foi feita através dos ensaios de impacto (corpo mole e corpo duro). Nos ensaios de corpo mole, verificou-se aumento da resistência com o aumento do teor de fibra de vidro. Os teores de 0,75% e 1,5% se mostraram suficientes para que os painéis de GRG satisfaçam os requisitos de desempenho para divisórias internas respectivamente para o gesso brasileiro e boliviano. O comportamento dos painéis nos ensaios de impacto de corpo duro foi satisfatório, tanto para painéis com fibra como para painéis sem fibra de vidro. No estudo preliminar de custos, verificou-se uma redução em torno de 36% para os painéis de GRG em relação às paredes intemas tradicionalmente usadas na Bolívia.
Abstract In the building industry in develophg countries, like Bolivia, the techniques and materiais used for building walls are similar to those used decades ago. The panels of glass fibre reinforced gypsum (GRG) are an altemative for simplifying and making efficient the execution of non-structural internal walls. This disserrtation aims at presenting a study on the technical and economical viability of the GRG panel for internal walls in Bolivia. For this purpose, an evaluation of the resources available (gypsum) was made in relation to the natural resources available, production techniques and costs. In the production of the panels, the premixing technique was used, which allows the mouldiig of the panels to be made manually or mechanically with simple and low-cost equipments. The study of the composite of GRG was carried out with both Brazilian and Bolivian gypsum, and its mechanical behaviour was tested with diferent contents of glass fibre. As the content of the glass fibre was increased, so increased the flexural strength and decreased the compressive strength. The evaluation of the mechanical behaviour of the panels was made through two impact tests prescribed by Brazilian standards, one using by a heavy bag and the other a small steel ball. When subjected to impad tests by a heavy bag an increase on the impact resistente was observed as the content of glass fibre was increased. The contents of 0,75% and 1,5% seem to be adequate for the GRG panels to meet the performance requirements expected for internal walls, for the Brazilian and Bolivian gypsum respectively. The behaviour of the panels when subjected to impact tests by a samll steel ball was satisfactory for glass fibre panels as well as for fibreless panels. In a preliminary study on non-structural internal wall costs, it was observed a reduction of around 36% of the GRG panels in comparison to walls traditionally used in Bolivia.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/1748
Arquivos Descrição Formato
000262157.pdf (16.03Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.