Repositório Digital

A- A A+

A vida em separado : estudo de um condomínio fechado de Porto Alegre

.

A vida em separado : estudo de um condomínio fechado de Porto Alegre

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A vida em separado : estudo de um condomínio fechado de Porto Alegre
Autor Quadros, Caroline Souza de
Orientador Cattani, Antonio David
Data 2008
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Curso de Ciências Sociais: Bacharelado.
Assunto Condominios fechados
Porto Alegre (RS)
Segregação espacial
Segregação social
[en] First-classes
[en] Gated communities
[en] Socio-spatial segregation
Resumo Esta monografia apresenta os resultados de uma pesquisa sobre grandes condomínios horizontais fechados. Fenômeno internacional, a multiplicação dos condomínios fechados de alto padrão ocorre também em Porto Alegre. Abrigando, normalmente, famílias provenientes das classes abastadas, eles definem dinâmicas específicas de ocupação de espaços urbanos e mantêm relações complexas com a cidade aberta. A intenção inicial era entrevistar moradores de um empreendimento de alto padrão de 170ha. Entretanto, apesar das inúmeras tentativas, e devido à resistência dos condôminos, só duas entrevistas puderam ser feitas. As dificuldades de realizar as entrevistas acabaram por se tornar objeto de análise, pois sugeriam que isolamento e proteção contra o que pertence ao mundo exterior têm grande importância na vida dessas pessoas. Surgiu, então, o interesse em explorar aspectos relacionados à condição de isolamento e separação em que se encontra o condomínio: os significados que tais elementos assumem na vida de seus moradores, as influências que exercem na sua satisfação e no seu cotidiano e a relação que esses indivíduos estabelecem com a cidade e a região de entorno do empreendimento. Os resultados indicaram que a separação em relação ao ambiente exterior serve como pré-condição para satisfação com o ambiente de moradia, configurando o condomínio como uma espécie de refúgio que garante segurança e privacidade. Mais do que isso, a separação proporciona também distinção social e status, demarcando nitidamente quem são os privilegiados que podem viver nesse espaço diferenciado. Devido aos inúmeros significados assumidos por essa separação, o trabalho de se fechar é constante e permanente, exercido com o auxílio de um corpo de funcionários, aparatos e procedimentos de segurança e regras distintas daquelas da cidade tradicional. Não obstante tal "isolamento", foi verificado que a independência dos moradores do condomínio em relação à cidade não é notável, ao contrário do que era esperado inicialmente: ela é evidente apenas em relação ao bairro. Ou seja, verificou-se que, mais do que independência em relação à cidade, a intenção parece ser ter um lugar seguro que proporcione liberdade e qualidade de vida.
Abstract This monograph presents the results of a research about large gated communities. The growth of high-standard gated communities is an international phenomenon witch happens also in Porto Alegre, Brazil. Those gated communities, wich usually are habitated by firstclass families, define specific dynamics of urban places occupations and keep a complex relationship with the city. The original intention was interviewing residents of a high-standard gated community with 170ha. Despite numerous attempts and because the resistance of these residents, only two interviews could be done. The difficulties of doing these interviews ultimately became the object of analysis, it suggested that isolation and protection against what belongs to the outside world have great importance in these people's life. The interest in exploring issues related to the condition of isolation and separation in this gated community aroses. What kind of meanings these elements have on its resident's life, what is the influence of it in their satisfaction and in their daily life and what kind of relationship these individuals have with the city and the condominium's surrounding region. The results indicated that the separation from the external environment is a precondition for satisfaction with home, being the condominium a kind of refuge which guarantees security and privacy. More than that, the separation also provides social distinction and status, defining clearly the privileged ones, who can live in that distinct area. Because of the numerous meanings given by the separation, the work of closing themselves is constant and permanent, and it's exercised with the help of watchmen, security apparatuses and particular rules, which are different from those of the traditional city. It was also verified that the independence of the gated community's residents on the city is not remarkable, oppositely of what was initially expected: it is evident only in relation to the district. In other words, it was found that (rather than independence for the city) the real intention seems to be having a safe place that provides freedom and quality of life.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/17524
Arquivos Descrição Formato
000715370.pdf (1.730Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.