Repositório Digital

A- A A+

Sentidos de uma pedagogia musical na escola aberta : um estudo de caso na Escola Aberta Chápeu do Sol Porto Alegre, RS

.

Sentidos de uma pedagogia musical na escola aberta : um estudo de caso na Escola Aberta Chápeu do Sol Porto Alegre, RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Sentidos de uma pedagogia musical na escola aberta : um estudo de caso na Escola Aberta Chápeu do Sol Porto Alegre, RS
Autor Silva, Helena Lopes da
Orientador Souza, Jusamara Vieira de
Data 2009
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Artes. Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais.
Assunto Educação musical : Adolescentes
Escola aberta
Pedagogia musical
[en] Musical pedagogy
[en] Open school
[en] Youth
Resumo O Programa Escola Aberta (UNESCO/MEC) consiste na abertura das escolas públicas aos finais de semana como alternativa para a reversão do quadro de violência e a construção de espaços de cidadania para os jovens e para as comunidades consideradas em situação de vulnerabilidade social. A música, neste programa, é vista como uma ferramenta de reversão do quadro de exclusão e violência entre os jovens considerados em situação de vulnerabilidade social. Este trabalho investiga os sentidos da pedagogia musical nas atividades de música da Escola Aberta Chapéu do Sol, em Porto Alegre, RS. O estudo adota o conceito de pedagogia musical alicerçado nas discussões sociológicas dos autores Roberto Albarea, (1994), Mario Piatti (1994) e Rudolph D. Kraemer (2000). A metodologia escolhida para a realização desta pesquisa foi o estudo de caso único, de abordagem qualitativa (MERRIAM, 1998, STAKE, 2000). As ferramentas utilizadas para a realização da coleta de dados foram a observação participante, as entrevistas individuais e em grupo, e análise dos documentos oficiais do Programa Escola Aberta. A análise dos dados empíricos recolhidos foi feita a partir dos cruzamentos realizados entre os discursos dos participantes da pesquisa com os documentos oficiais do Programa Escola Aberta. Os resultados apontaram que a concepção sobre as atividades de música a serem propostas na Escola Aberta Chapéu do Sol, estava relacionada com a visão "conteudista" (PIATTI, 1994) da pedagogia musical, na qual, a música é vista como um objeto separado dos jovens e do contexto no qual ela acontece. Os interesses e os sentidos em participar dos Grupos de hip-hop da Escola, revelados pelos jovens. estavam associados às questões identitárias, polissêmicas e socializadoras destes em relação ao grupo de amigos (peer-groups), e como forma de expressão e reflexão acerca de seus mundos. Para os Coordenadores, Gestores, Interlocutores e Oficineiro de Música, as atividades a serem desenvolvidas na Escola Aberta dependiam de uma orientação profissional musical para "qualificar" os processos pedagógico-musicais dos jovens.
Abstract The Open-School Program (UNESCO/MEC) adopted in public schools allows them to be open on weekends, becoming an alternative attempt to reverse the violent environment, and to build up citizenship opportunities to the youth, as well as to the socially vulnerable communities. In the Open-School Program music is regarded as a tool to reverse the exclusion and violence among the youth living under social vulnerability. This research investigates the purposes of the musical pedagogy in the musical activities performed in the Escola Aberta Chapéu do Sol, in Porto Alegre, RS. The study adopts the concept of musical pedagogy founded on the sociological discussions of the authors Roberto Albarea (1994), Mario Piatti (1994), and Rudolph D. Kraemer (2000). The methodology chosen for the realization of this research was the single case study with a qualitative approach (Merriam, 1998, Stake, 2000 ). The tools used for collecting data were based on participative observation, individual and group interviews, and analysis of official documents from the Open-School Program. The analysis of the collected empirical data was based upon cross-dating realized between the discourses of the participants in the research and the official documents of the Open-School Program. The results showed that the concept based on the musical activities proposed in the Escola Aberta Chapéu do Sol was interwoven with the content-based approach to the musical pedagogy (Piatti, 1994), whereby, music is seen as a subject detached from the youth and the environment where it takes place. The interests and purposes of the participation in the youth hip-hop Groups from the Open- School Chapéu do Sol, according to the young people, were associated with identity, polysemy, and socialization in relation to their peers; they also reported it as a way of expressing and reflecting upon their environment. According to the coordinators, managers, interlocutors, and music workshop instructors, the musical activities relied on professional musical advice in order to better qualify the pedagogical musical processes for the youth.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/17774
Arquivos Descrição Formato
000724899.pdf (7.093Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.