Repositório Digital

A- A A+

Tecendo a educação ambiental na rede municipal de ensino de Arroio do Meio, RS

.

Tecendo a educação ambiental na rede municipal de ensino de Arroio do Meio, RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Tecendo a educação ambiental na rede municipal de ensino de Arroio do Meio, RS
Autor Rheinheimer, Cristine Gerhardt
Orientador Guerra, Teresinha
Data 2009
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências. Programa de Pós-Graduação em Ecologia.
Assunto Arroio do Meio (RS)
Educação ambiental
Ensino fundamental
Projetos educacionais
[en] Continued formation
[en] Educative projects
[en] Environmental education
[en] School context
Resumo A rede municipal de ensino do município de Arroio do Meio, RS é constituída por sete escolas de Ensino Fundamental Incompleto e seis escolas de Ensino Fundamental Completo, totalizando, no início da pesquisa em 2005, 1989 alunos e 150 professores. O presente trabalho teve como principal objetivo compreender possibilidades de imersão da Educação Ambiental no contexto escolar a partir de processos formativos associados a projetos de intervenção. Realizamos a pesquisa em seis escolas de Ensino Fundamental Completo abrangendo 1653 alunos e 129 professores. Na perspectiva da pesquisa qualitativa e da Educação Ambiental crítica e transformadora, adotamos a metodologia da pesquisa-ação-participativa. Como instrumentos de coleta de dados utilizamos a observação participante, entrevistas do tipo grupo focal e questionários semiestruturados e, para a análise e interpretação desses dados, a análise textual. A pesquisa foi realizada em três etapas. Na primeira etapa, investigamos como era trabalhada a Educação Ambiental nas escolas, as representações de meio ambiente dos alunos e as representações de meio ambiente e Educação Ambiental dos professores (pré e pós-projeto). Na segunda etapa, investimos na formação de um grupo de estudos sobre a temática ambiental envolvendo professores. Na terceira etapa, concomitante à segunda, foram planejados e desenvolvidos projetos educativos nas escolas, tendo como temas geradores os problemas levantados a partir de diagnósticos socioambientais realizados junto às comunidades. Atuando como dinamizadores da Educação Ambiental, os professores participantes do grupo de estudos mobilizaram as suas respectivas comunidades escolares, envolvendo-as coletivamente no desenvolvimento desses projetos. Os principais resultados foram o envolvimento dos diferentes atores que compõem as comunidades escolares em todas as etapas do processo; a capacidade dos envolvidos no processo educativo identificarem, resolverem e relacionarem os problemas ambientais com o contexto social em que se situam; o conhecimento construído pelo diálogo e pelo enfrentamento de posições e ideias; e especificamente no contexto escolar: (a) vinculação do conteúdo curricular com a realidade de vida da comunidade escolar; (b) aplicação prática e crítica do conteúdo apreendido; (c) articulação entre conteúdo e problematização da realidade de vida; (d) projeto político-pedagógico construído de modo participativo; (e) aproximação escola-comunidade; (f) possibilidade concreta do professor articular ensino e pesquisa, reflexão sistematizada e prática docente. Concluímos que a partir da formação dos professores; da construção coletiva e democrática do projeto político-pedagógico; do planejamento e desenvolvimento de projetos de intervenção aproximando a escola à comunidade em que se insere e atende, é possível fazer emergir a Educação Ambiental no contexto escolar. Essa proposta que aqui defendemos coloca-se participante do processo de construção de um campo teórico que busca subsidiar uma prática diferenciada de Educação Ambiental - a Educação Ambiental Crítica e Transformadora.
Abstract The municipal education of Arroio do Meio city, RS is constituted by seven Incomplete Elementary Schools and six Complete Elementary Schools, totalizing 1989 students and 150 teachers, in 2005, when the research started. The present work had as the main aim to understand the Environmental Education immersion possibilities in the school context throughout the formative processes associated to social intervention projects. The research involved the six Complete Elementary Schools, totalizing 1653 students and 129 teachers. The authors used the action research methodology on a perspective of a qualitative research, and a critical and transforming Environmental Education. The data collected throughout the research was gathered through participant observation, focal group interviews, and semistructured questionnaires, and for analysis and interpretation of those data, the authors used the textual analysis. The research was carried out in three stages. In the first stage, it was researched how the Environmental Education was studied at the schools, the students' and teachers' understanding of environment, and teachers' Environmental Education definition (pre and post-project). In the second stage, the authors invested on a study group about the environmental subject involving teachers. The second and the third stages were developed at the same time, by planning and developing education projects at the schools, having as topics the issues raised up after socio-environmental diagnosis developed in the communities. Acting as leaders of the Environmental Education, the teachers group stimulated their respective communities, involving them together on the development of the projects. The main results were the involvement of different people who are part of the community process in the whole process; the ability of the group in identify, solve and connecting environmental issues with their social context; the knowledge built by the dialog and the confront of positions and ideas; and specifically in the school context: (a) the linking between the syllabus subject with the school community life reality; (b) the practical and critical practice of the contents apprehended during the process;(c) articulation between the contents and the life reality problematic; (d) politic pedagogic project built in a participative way; (e) school and community approach; (f) teacher's concrete possibility of education and research articulation, sistematic reflexion and teaching practice. We concluded that with the teachers formation; the collective and democratic building of the politic-pedagogic project; planning and developing intervention projects approaching school to the community it is in, it is possible to come up with the Environmental Education in the school context. The proposal defended is considered as a participant of the building process on a theoretical field that looks for subsidize a different practice of Environmental Education - the Critics and Transformer Environmental Education.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/17830
Arquivos Descrição Formato
000724190.pdf (3.271Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.