Repositório Digital

A- A A+

Efeitos da ingestão crônica de álcool na regeneração de glândula submandibular em ratos

.

Efeitos da ingestão crônica de álcool na regeneração de glândula submandibular em ratos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Efeitos da ingestão crônica de álcool na regeneração de glândula submandibular em ratos
Autor Hartmann, Marcelo Dewes
Orientador Fossati, Anna Christina Medeiros
Data 2009
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Odontologia. Curso de Odontologia.
Assunto Álcool : Consumo
Glandulas : Submandibulares
[en] Alcohol
[en] Regeneration
[en] Salivary gland
Resumo Manter uma boa saúde bucal depende, entre outros fatores, de um fluxo salivar adequado. Visto que a saliva é secretada pelas glândulas salivares, a integridade destas se faz muito importante. Sendo assim, a regeneração destas estruturas, frente a alguma perda, é essencial para o restabelecimento de suas funções fisiológicas. Sabe-se que o consumo de álcool é danoso ao organismo e traz diversas alterações, inclusive no metabolismo glandular. Este estudo investiga o efeito do álcool na regeneração da glândula submandibular (GSM) em ratos. O grupo teste (GT) ingeriu etanol a 40ºGL durante 45 dias e o grupo controle (GC) recebeu água ad libitum durante o mesmo período. Após este tempo, um terço do lobo esquerdo da GSM foi removido. Três e sete dias pós-cirúrgicos, a glândula inteira foi removida e analisada. As células características do processo inflamatório pareceram mais pronunciadas no GT ao terceiro dia, em comparação ao GC. O inverso foi observado no sétimo dia, associado com um desenvolvimento avançado do parênquima do GT. Mudanças na marcação do PAS foram observadas no GT em relação ao GC nos diferentes períodos observados. Estes achados tomados em conjunto, sugerem que provavelmente o álcool altera o processo de regeneração glandular, com avanço na morfogênese e atraso na citodiferenciação da glândula salivar.
Abstract Keeping a good bucal health needs a good salivary flow. Since saliva is secreted by salivary glands, the integrity of these ones is very important. Wherefore, these structures’s regeneration, opposite a loss, is essential to the restoration of its physiological functions. It is known that alcohol consumption is harmful to the body and brings several changes, including in the glandular metabolism. This study investigates the effect of alcohol in submandibular gland (SMG) regeneration in rats. The test group (TG) received ethanol 40°GL during 45 days and the control group (CG) water ad libitum during same period. After, one third of the left SMG lobe was removed. Three and seven days after, the whole gland was excised and analyzed. The inflammatory cells process seemed more pronounced in the TG on day 3, compared to CG. The inverse aspect was observed on day 7, associated with an advanced parenchyma development in TG. Changes in PAS marking was observed in the TG compared to CG in the different periods observed. These findings, together taken, suggest that alcohol changes the glandular regeneration process, with advanced morphogenesis and delay in cytodifferentiation in salivary gland.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/18470
Arquivos Descrição Formato
000729837.pdf (1.140Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.