Repositório Digital

A- A A+

O treinamento técnico-esportivo de tenistas infanto-juvenis com idade entre 15 e 18 anos : um estudo descritivo-exploratório

.

O treinamento técnico-esportivo de tenistas infanto-juvenis com idade entre 15 e 18 anos : um estudo descritivo-exploratório

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O treinamento técnico-esportivo de tenistas infanto-juvenis com idade entre 15 e 18 anos : um estudo descritivo-exploratório
Autor Garbin, Alessandro
Orientador Balbinotti, Carlos Adelar Abaide
Data 2009
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Curso de Educação Física: Licenciatura.
Assunto Tênis (Esporte)
Treinamento esportivo
Resumo A produção científica relacionada ao treinamento técnico de jovens jogadores de tênis possui um papel bastante importante no desenvolvimento e perpetuação competitiva desta modalidade. O presente estudo tem como objetivo principal descrever e explorar a frequência de execução dos Golpes de Preparação (GP) e dos Golpes de Definição (GD) durante o treinamento técnico-desportivo de tenistas infanto-juvenis confederados (competidores de nível nacional) com idade entre 15 e 18 anos. Mais especificamente, o trabalho procura verificar se existe diferenças estatisticamente significativas na frequência de execução de GP e GD da amostra geral, buscando oferecer ainda mais subsídios e informações sobre os treinamentos dos tenistas da população acima descrita, como contribuição à comunidade tenística. Para isso, foi aplicado o Inventário do Treino Técnico do Tenista (ITTT-12; Balbinotti, 2003). O ITTT-12 é respondido numa escala do tipo Likert de cinco pontos (1 – pouquíssima frequência a 5 – muitíssima frequência) para verificar, em valores nominais, a dimensão praticada com maior frequência por parte dos tenistas. O ITTT-12 foi aplicado em 60 tenistas de ambos os sexos, com idade entre 15 e 18 anos. Todos os sujeitos da amostra participam das competições promovidas pela Confederação Brasileira de Tênis. Constatou-se que a dimensão praticada com maior frequência pela amostra geral foi os GP. Os resultados deste estudo deixam claro a importância da prática sistemática dos GP durante os treinamentos técnicos dos tenistas desta população, para que eles obtenham uma evolução técnica adequada, e, por consequência, melhores resultados em competições. Recomenda-se que novos estudos realizados com tenistas de outras categorias e faixas etárias sejam desenvolvidos, para que se possa aprofundar os conhecimentos sobre o treinamento técnico no tênis.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/18835
Arquivos Descrição Formato
000732965.pdf (253.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.