Repositório Digital

A- A A+

Desenvolvimento e produção de citros em sistema agroflorestal

.

Desenvolvimento e produção de citros em sistema agroflorestal

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Desenvolvimento e produção de citros em sistema agroflorestal
Outro título Citrus development and production in agroforestry system
Autor Gonzatto, Mateus Pereira
Orientador Schwarz, Sergio Francisco
Data 2009
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Agronomia. Programa de Pós-Graduação em Fitotecnia.
Assunto Fruta cítrica
Pratica cultural
Resumo A produção de plantas cítricas em sistemas agroflorestais (SAFs) pode ser uma alternativa interessante, principalmente pelos benefícios de níveis moderados de sombreamento a vários aspectos fisiológicos das plantas cítricas. Além disso, o incremento da diversidade biológica aos agroecossitemas, quando bem manejado, pode trazer inúmeros ganhos aos sistemas de produção orgânica. Com o objetivo de mensurar o efeito do SAF sobre diversos aspectos da produção de plantas cítricas em relação ao cultivo em pleno sol (SOL), avaliou-se SAFs de laranjeiras ‘Valência’ e ‘Monte Parnaso’ (Citrus sinensis (L.) Osb.) localizados no município de Tupandi- RS nas safras de 2007 e 2008, com dossel superior composto por angico-vermelho (Parapiptadenia rigida (Benth.) Brenan), onde ambos tratamentos encontram-se em cultivo orgânico. Para tanto, avaliou-se as condições micrometeorológicas dos ambientes de cultivo; o desenvolvimento vegetativo, comportamento produtivo e estado nutricional; o crescimento, ocorrência de doenças e a maturação dos frutos; a fenologia e características de qualidade da floração das laranjeiras. A redução da radiação propiciada pelo cultivo sob SAF foi em média de 36,2 %, não havendo alterações significativas da temperatura e umidade relativa do ar no nível dos frutos. O rendimento de frutos, na média das safras, foi superior sob SAF para a laranjeira ‘Valência’ e não houve alterações para a laranjeira ‘Monte Parnaso’. A maturação interna dos frutos foi atrasada em ambas as variedades sob SAF, sendo que para a laranjeira ‘Valencia’ houve um atraso de aproximadamente 20 dias, em ambas as safras. A queda pré-colheita foi incrementada no tratamento SOL. A ocorrência dos estádios fenológicos não foi afetada pelos tratamentos. Houve alterações na qualidade da floração da laranjeira ‘Monte Parnaso’, contudo não alterou-se a fixação de frutos. Alguns nutrientes tiveram seu teor foliar incrementado (Mn, Fe e N), enquanto outros foram reduzidos (B e P) devido ao cultivo sob SAF. Reduziu-se em 17 % a incidência e em 46 % a severidade de pinta-preta (Guignardia citricarpa Kiely) nos frutos no tratamento SAF, contudo houve uma maior ocorrência da queda prematura de frutos jovens (Colletotrichum acutatum Simmonds) nesse tratamento.
Abstract The citrus production in agroforestry systems (SAFs) may be an interesting alternative, specially for the benefits of moderated shadow to various physiological aspects of those. Moreover, the increment of biological diversity to the agroecosystem, when handled properly, can bring uncountable gains to organic production systems. With the objective to measure the effect of SAF over many aspects in the citrus production in comparison to the cultivation in full sun (SOL), a SAF of ‘Valencia’ and ‘Monte Parnaso’ oranges (Citrus sinensis (L.) Osb.) located in the municipality of Tupandi (in the Rio Grande do Sul State – Brazil) during the harvesting seasons of 2007 and 2008, with the superior canopy composed by angico-vermelho (Parapiptadenia rigida (Benth.) Brenan) where both treatments were under organic cultivation, was studied. For that, were evaluated the micrometheorological conditions of the culture environment; the vegetative development; the productive behavior and nutritional state; the growth, occurrence of diseases and ripening of fruits; the phenology and the quality characteristics of the orange trees flowering. The radiation reduction by the SAF was 36,2 % mean, without significant alterations to the temperature and relative humidity of the air on the fruit level. The fruit income, in the harvesting seasons mean, was superior under SAF for ‘Valencia’ orange and had no alterations for ‘Monte Parnaso’ orange. The intern maturation of fruits was delayed in both varieties under SAF, having a 20 days delay for ‘Valencia’ orange in both years. The pre-harvesting fall was higher for SOL treatment. The occurrence of phenological states was not affected by the treatments. There were alterations on the quality of flowering for ‘Monte Parnaso’ orange, yet the fruit fixation wasn’t influenced. Some nutrients had their leaf content raised (Mn, Fe and N), while others were reduced (B and P) due to the cultivation under SAF. The incidence and severity of the black-spot (Guignardia citricarpa Kiely) were reduced in 17 % and 46 % respectively on the fruits under SAF, having a greater occurrence of premature fruit drop (Colletotrichum acutatum Simmonds) in this treatment however.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/18913
Arquivos Descrição Formato
000733333.pdf (6.705Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.