Repositório Digital

A- A A+

O tornar-se avó no processo de individuação

.

O tornar-se avó no processo de individuação

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O tornar-se avó no processo de individuação
Outro título Becoming a grandmother in the individuation process
Autor Kipper, Caroline Dal-Ri
Lopes, Rita de Cassia Sobreira
Resumo O tornar-se avó assinala um período de transição no ciclo de vida familiar, marcado por transformações psíquicas significativas para os avós, caracterizando a quarta individuação. Este trabalho teve como objetivo investigar a experiência de tornar-se avó e sua importância no processo de individuação. Foi utilizado delineamento de estudo de caso coletivo. Onze avós maternas, com idades entre 49 e 66 anos, cujas filhas tiveram seu primeiro filho, responderam a uma entrevista semi-estruturada. Todas as avós tinham tido seus primeiros netos e a entrevista referia-se a sua experiência como avós desses netos. Os dados mostraram que o ser avó é uma fonte de renovação e renascimento. O estudo propiciou que as participantes refletissem sobre seus diferentes papéis familiares: avó, mãe, neta e filha. Os dados sugerem que tornar-se avó possibilita que antigos conflitos sejam repensados, renovando antigos vínculos e desejos, o que permite que a avó dê mais um passo rumo à sua individuação.
Abstract Becoming a grandmother points out a transition period in the family life cycle, marked by significant psych transformations for the grandmothers, characterizing the fourth individuation. This study aimed at investigating the experience of becoming a grandmother and its importance in the individuation process. A collective case study design was used. Eleven grandmothers, aged 49 to 66, whose daughters had their first child, answered a semi-structured interview. All grandmothers had had their first grandchildren and the interview referred to their experience as grandmothers of these grandchildren. The results showed that being a grandmother is a source of renewal and rebirth. The study enabled the participants to reflect on their different family roles: grandmother, mother, grandchild and child. The data suggest that becoming a grandmother enables old conflicts to be re-thought, renewing old ties and desires, and as a result, enabling the grandmother to give one more step towards her individuation.
Contido em Psicologia : teoria e pesquisa. Brasília. Vol. 22, n.1 (jan./abr. 2006), p. 29-34.
Assunto Avós
Individuação
[en] Becoming a grandmother
[en] Family life cycle
[en] Individuation
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/20278
Arquivos Descrição Formato
000570647.pdf (99.98Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.