Repositório Digital

A- A A+

Musicoterapia institucional na saúde do trabalhador : conexões, interfaces e produções

.

Musicoterapia institucional na saúde do trabalhador : conexões, interfaces e produções

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Musicoterapia institucional na saúde do trabalhador : conexões, interfaces e produções
Outro título Institutional music therapy in workers’ healt h: connections, interfaces and production
Autor Guazina, Laize Soares
Tittoni, Jaqueline
Resumo Este trabalho propõe e analisa a Musicoterapia como estratégia de produção de saúde do trabalhador, em estudo desenvolvido junto a profissionais técnicas de enfermagem de uma Unidade de Terapia Intensiva infantil de um hospital público da cidade de Porto Alegre. A atenção à saúde dos trabalhadores produz novas questões teórico-conceituais, práticas, éticas e políticas no campo da Musicoterapia, ligadas ao território do trabalho e suas configurações contemporâneas, ao “ser” trabalhador e à saúde, e que têm implicações sobre a Musicoterapia e o musicoterapeuta na contemporaneidade. À luz das contribuições de Foucault, este trabalho centraliza-se na discussão do hospital como território de produção de subjetividades, a partir do desenvolvimento do conceito de ‘Panáudio’, mapeando e analisando efeitos deste dispositivo, que se efetivam pelos contextos sonoros. Aponta controles e resistências possíveis e propõe a produção de novas subjetividades pelo uso das práticas musicais em Musicoterapia em uma proposta de abordagem institucional.
Abstract This paper proposes and analyzes Music Therapy as a production strategy towards workers’ health in a study developed with nurse technicians from a Children’s Intensive Care Center of a public hospital in Porto Alegre. The concern with workers’ health brings about new theoretical, conceptual, ethical and political queries in the field of Music Therapy, such queries are related with the working field and its contemporary features, with the working being and with health; these queries produce consequences on Music Therapy and Music therapists contemporarily. Based on Foucault’s contributions, this paper focuses on the discussion about hospitals being a field for subjectivities production, from the development of the ‘Panaudio’ concept, mapping and analyzing its effects, which are effective by sound contexts. This paper also points out possible controls and resistances and proposes the production of new subjectivities by using musical practices in Music Therapy, in a proposal of institutional approach.
Contido em Psicologia & sociedade. São Paulo SP. Vol. 21, n. 1 (jan./abr. 2009), p.108-117.
Assunto Musicoterapia
Saúde
Subjetividade
Trabalho
[en] Institutional music therapy
[en] Musical practices
[en] Panaudio
[en] Ways of subjectivation
[en] Workers’ health
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/20833
Arquivos Descrição Formato
000718921.pdf (398.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.